Titicaca o Lago Navegável mais alto do Mundo

Localizado na Cordilheira dos Andes entre o Peru e a Bolívia o lago Titicaca, (Pedra Puma) na sua tradução mais conhecida, nas linguas de origem Quéchua e Aimara.

É o lago navegável na maior altitude no planeta a 3821 metros de altitude e com uma superfície de 8300km², é o segundo em extensão na América latina, ficando atrás apenas do lago de Maracaíbo na Venezuela.

Possui 41 ilhas sendo a Ilha do Sol a mais famosa e sendo 9 delas habitadas.

É abastecido pela água das chuvas e o degelo dos Andes, porém, mais de 25 rios deságuam nele e sua profundidade  média é  de 140m podendo chegar a 280m em seu ponto mais profundo.

Segundo a lenda foi no lago Titica que surgiu a civilização Inca que predominou na região até a chegada dos espanhóis por volta do século XV.

Atualmente seus principais habitantes são os Uros descendentes dos Incas, que vivem principalmente da agricultura, artesanato e do turismo, já que a região é bastante visitada o ano todo.

Cheia de misticismo e crenças populares o fato é que o lago impressiona por sua localização e importância para dois países berços de uma das civilizações mais fantásticas e evoluídas que o mundo já viu. Os incas não foram apenas um império, mas um legado que deixou para nossas gerações atuais intrigantes conhecimentos e muitas perguntas que nos fazem viajar na imaginação.

Entre as lendas do Lago está a do monstro do Titicaca, que nada mais é do que uma rã gigante que foi elucidada pelo cientista francês Jacques Costeau.

Outra curiosidade do lago são suas ilhas flutuantes, algumas delas habitadas pelos Uros.

Sua formação se dá ao acumulo de junco,  planta natural do lago o que permite formar uma camada bem compacta e flutuante.

A planta também possibilita a fabricação de barcos muito utilizados na região e que são chamados de “totoras“ pelos uros.

Texto e Fotos: Jornalista Luciano