Comportamento

Os 14 melhores vinhos do Porto atualmente à venda

Os 14 melhores vinhos do Porto atualmente à venda

Quais são os melhores vinhos do Porto? A região demarcada do Douro é a mais antiga do mundo e, ao longo dos séculos, os seus habitantes aprimoraram a arte de produzir um licor que é hoje apreciado em todo o mundo. O vinho do Porto divide-se nas categorias Tawny e Ruby e, dentro destas categorias, existem várias subdivisões como por exemplo Reserva, LBV ou Colheita.

Estilo Ruby

São vinhos em que se procura suster a evolução da sua cor tinta, mais ou menos intensa, e manter o aroma frutado e vigor dos vinhos jovens. Neste tipo de vinhos, por ordem crescente de qualidade, inserem-se as categorias Ruby, Reserva, Late Bottled Vintage (LBV) e Vintage. Os vinhos das melhores categorias, principalmente o Vintage, têm grande potencial de guarda, pois envelhecem bem em garrafa. Os vinhos deste estilo, onde o Vintage é a categoria do topo da escala, são carregados de cor e ligeiramente mais doces e frutados do que os Tawnies. Produzido a partir de uvas de um único ano e engarrafado dois a três anos após a vindima, evolui gradualmente durante dez a 50 anos em garrafa. O encanto do Porto Vintage reside no facto de ser atractivo em praticamente todas as fases da sua vida em garrafa.

stilo Tawny

Obtido por lotação de vinhos de grau de maturação variável, conduzida através do envelhecimento em cascos ou tonéis. São vinhos em que a cor apresenta evolução, e os aromas lembram os frutos secos e a madeira; quanto mais velho é o vinho, mais estas características se acentuam. As categorias existentes são: Tawny, Tawny Reserva, Tawny com Indicação de Idade (10 anos, 20 anos, 30 anos e 40 anos) e Colheita. São vinhos de lotes de vários anos, excepto os Colheita, que se assemelham a um Tawny com Indicação de Idade com o mesmo tempo de envelhecimento. Quando são engarrafados estão prontos para serem consumidos. O seu sabor lembra nozes e figos secos graças aos anos de oxidação lenta e controlada em grandes barris ou cubas. Os tawnys são mais alcoólicos, quanto mais elevada a indicação de idade.

De acordo com a Wine Spectator, estes são os 14 melhores vinhos do Porto actualmente à venda:

1. 2014 Ramos Pinto Vintage Bom Retiro Porto

Fundada por Adriano Ramos Pinto em 1880, a Casa Ramos Pinto depressa se fez notar pela sua estratégia de inovação e pioneirismo. Associada a vinhos engarrafados de qualidade e com uma estratégia de vanguarda, esta empresa apoia-se na modernização dos circuitos de selecção, lotagem e envelhecimento, na investigação vitivinícola constante e no especial cuidado que Adriano Ramos Pinto dedicou à embalagem e promoção dos seus vinhos. Os vinhos Ramos Pinto tornaram-se, assim, uma referência de qualidade.

2. 1997 Warres Vintage Porto

Fundada em 1670, a Warre’s foi a primeira companhia inglesa de vinho do Porto a estabelecer-se em Portugal. No final do séc. XVIII a Casa Warres´s tornou-se líder nas exportações do vinho do Porto. Pioneira de grandes tradições, a sua história confunde-se com a própria história do vinho do Porto. Warre’s Vintage 1997 apresenta uma cor púrpura azul maravilhosa. Um nariz Warre clássico, cheio de classe e complexidade, repleto de camadas concentradas de frutas vermelhas maduras e aromas subjacentes de esteva. No paladar, ricos sabores florais com uma enorme estrutura e um final impressionante. Sem dúvida, um entre os melhores Portos para envelhecer e um clássico entre os Vintages.

3. Grahams 10 anos Porto

Fundada em 1820, a Graham’s possui duas das melhores propriedades do vale do Douro: a Quinta dos Malvedos e a Quinta do Tua, as quais produzem vinhos de excepcional qualidade com grande estrutura, riqueza e complexidade. A Graham’s é uma empresa independente, detida a 100% pela família Symington, produtores de Vinho do Porto desde o século XIX e cujos antepassados estiveram na origem das primeiras exportações de Porto em 1652. A Graham’s é reconhecida como um dos produtores de referência de Porto Vintage; o seu Vintage de 2007 alcançou 97 pontos (em 100 possíveis), atribuídos por Robert Parker, o mais credenciado crítico de vinhos do mundo que escreveu, “O candidato ao vinho do ano…um feito extraordinário.” Actualmente posiciona-se na vanguarda da inovação enológica. Graham’s 10 anos é um Tawny elaborado com uma impressionante selecção de vinhos reserva, envelhecidos em media 10 anos. É um vinho complexo e elegante, com o exuberante frutado que é a marca registrada de Graham´s. Extremamente macio na boca, possui um óptimo “bouquet” e um longo final.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *