Coerção comportamental entre os jovens brasileiros do terceiro milênio

Vivemos uma atmosfera absolutamente dissipante, redes sociais, indústria cultural e
programas e jogos alienadores, sempre fomentados por canais televisivos, aplicativos,
celulares e etc. Nossos jovens agregam demandas quase obrigatórias para estarem
alucinadamente conectados em tendências imperativas da moda e da coerção segmentada,
tendo o consumo como mister, receita bem apropriada para afastar-se de si mesmo e criar
uma realidade coletividade artificial das marcas e dos produtos carimbados como fontes do
status normativo, verdadeira receita para cada jovem ser aceito e até respeitado em seu
grupo.
Mas, quem são realmente esses jovens? O que pensam, qual seu verdadeiro eu na incrível
diversidade do espírito humano? Ou como busca-la nos dias de hoje?
Fica perceptível que o maior medo que figura entre nossos jovens é o silêncio. Aquele silêncio
que nos faz pensar em nossos fins e nossos meios para ser.
Essa problemática lembra-nos o conceito de Desolação de Pascal: “ Isso é tudo o que os
homens poderiam inventar para serem felizes! “. Um grande e trágico jogo para entreter-se
ilusoriamente dia após dia e não olhar para dentro. Um grandioso e complicado passatempo
com um preço muito alto: a fuga de si mesmos. Fazendo da diversão um ofício, o homem se
desembaraça de seu destino, abdica da própria grandeza e se dilui nas situações e nas
realidades exteriores. “ A única coisa que nos consola nas nossas misérias. Porque é ela que,
principalmente, impede-nos de pensar em nós mesmos “, possuirmo-nos.
Difícil encontrar tempo para o cerne da vivência filosófica : conhece-te a ti mesmo! Ao sair das
escolas e universidades ou do serviço, o jovem não busca senão algo que “fazer”. Comenta
Savagnone: Eles procuram afundar-se na gritaria de um bar superpovoado, e um pouco mais
tarde, ao chegar em casa, sente-se chamado pelo televisor. Inclusive no carro tem medo de
ficar sozinho e, apressando-se, liga o rádio ou põe a mão no celular. E quanto mais veemente o
vazio, maior a quantidade de ocupações nas que refugia para não ter tempo de pensar.
Mas não podemos esquecer os jovens que operam na contra mão do senso comum, mas
infelizmente são vistos como esquisitos, anormais e até alienados. Uma distorção que gera
uma aniquilação da livre personalidade de cada ser. Cabe uma reflexão de toda sociedade:
qual o lado da moeda é escrava do capital e do sistema?
Lembremo-nos que em tempos de sociedades líquidas, quem possuir uma personalidade e, até
digamos uma integridade singular, nadará contra a maré que assola nossa humanidade e até o
futuro das próximas gerações que poderão ser edificadas como tijolinhos exatamente iguais e
do mesmo muro.
Será possível sairmos dessa conceituação abstrata para uma experiência concreta do eu?
No conceito de Hierarquia de Maslow, bem em seu ápice, aparece: moralidade, criatividade,
espontaneidade para obter autorrealização ou a necessidade de realizar plenamente o seu
potencial. Agora, deixo uma pergunta: o ambiente afeta a inteligência? Com o passar do
tempo poderemos mensurar o que nossa realidade vai definir para o futuro intelectual e
espiritual do jovem brasileiro.
FONTE: ROBERTO ARME

Marca reverte lucros em prol de causa LGBTQ

Venda de suéteres tem 30% do lucro direcionado à The Human Rights Campaign.

Fazer compras sustentáveis e éticas pode estar cada vez mais fácil, já que diversas marcas têm se posicionado por mudanças no mundo da moda. A vez é da nova-iorquina Loup, que está doando 30% do valor das vendas de dois de seus suéteres para a Human Rights Campaign, um projeto que luta pelo reconhecimento das causas LGBTQ nos Estados Unidos.

As duas peças que terão seus lucros revertidos são o suéter “Babe” e o “Petite Amie”, ambos vendidos por U$55. Além de serem brilhantes, as edições são limitadas e bordadas pelo estúdio Old English Rose, localizado no Brooklyn, em NY.

 

 

 

 

Fonte: http://elle.abril.com.br/moda/marca-reverte-lucros-em-prol-de-causa-lgbtq/

Célia Siqueira, o estudo através da grafologia, quirologia e psicoterapia

Célia Siqueira é formada em Psicologia e Teologia, atua como grafóloga (pessoal, criminal e empresarial), psicoterapeuta, quiróloga, psicanalista, escritora e terapeuta holística. Atende em seu espaço localizado na zona sul de São Paulo, o “Instituto Célia Siqueira”, e presta também consultoria para pessoas e organizações de outros estados e países.

Na grafologia, baseia-se suas interpretações, em assinaturas e textos utilizados em currículos para a seleção de empresas e em processos criminais, análises de personalidade e de carreira. Como psicoterapeuta utiliza a Programação Neurolinguística (PNL) e Terapia de Vidas Passadas (TVP), para o reconhecimento das necessidades de seus pacientes e na desconstrução de seus traumas.

Na quirologia, com a busca de respostas das pessoas e da autoanálise do perfil emocional e material, Célia apresenta suas opções de vida, os caminhos e rotas de chegada junto ao que elas almejam como sucesso pessoal. Em 2010 lançou o livro, “Quirologia Os Segredos do Mapa da Vida”, baseado no estudo da leitura do dorso e palma da mão.

A especialista é muito requisitada para previsões completas, na maioria das vezes utiliza em seus atendimentos a grafologia, quirologia e cartas de tarot, para que tenha a união de todos os elementos e para que a resposta de cada pessoa seja satisfatória nas áreas em questão.

Célia Siqueira ministra palestras em todo Brasil e realiza diversos cursos em seu Instituto, para saber mais, acesse: www.facebook.com/CeliaQuirologa

Sem a orientação de um profissional especializado o mini wedding pode custar muito mais do que os noivos imaginam

 

O casamento dos sonhos pode ser inesquecível, mesmo quando os noivos optam por uma comemoração diferenciada e intimista. Cada vez mais cresce no país a procura pelo formato “mini wedding”, para quem não pretende ou não pode investir muito.

A produtora Tatiana Bandeira explica que o casal pode economizar de diversas formas, começando pela lista reduzida de convidados, fazendo com que diminua o custo das lembrancinhas, doces, bebidas e buffet. A escolha do local também faz a diferença, optando por espaços menos convencionais, como restaurantes, sítios e até casas.

Segundo ela, o casal deve-se atentar ao valor dos outros detalhes, como decoração, banda, dj, fotografia, filmagem, convite, entre outros. Caso pensem que por reduzir em alguns itens, podem ousar em outros, estão enganados, pois o investimento pode chegar bem próximo ou igual de um casamento tradicional.

Para não cometer erros e ser surpreendido, é muito importante ter um planejamento detalhado, e mesmo sendo um casamento pequeno, é indispensável a contratação de um profissional especializado para orientar e ajudar na organização.

O assessor de casamento pode prestar um serviço completo ou personalizado, tudo vai depender do grau de envolvimento e o desejo dos noivos.  Porém, para ter um dia inesquecível e longe de problemas, o ideal seria tê-lo em todas as etapas, como: planejamento, montagem, cerimônia, festa e encerramento.

Para saber mais sobre a Tatiana Bandeira, casamento ou eventos, acesse: www.personalwedding.com.br

 

 

Faça uma Festa de Divórcio e deixe a tristeza de lado com o fim do casamento

Para algumas pessoas pode ser bem estranho, para outras nem tanto comemorar o fim do relacionamento. O tema que já é bem comum em outros países, especialmente nos Estados Unidos, está ganhando força no Brasil, fazendo com que o término não seja tão doloroso e sofrido.

A Festa de Divórcio assemelha a uma de casamento, porém a diferença fica por conta da temática, com os rituais e itens peculiares, como bolo dividido ao meio, doce bem-separado ao invés do bem-casado, atrações divertidas, a aliança é martelada, o buquê queimado, entre outros.

“Depois de fazer em 2009 a minha festa de divórcio neste formato, as pessoas começaram a me procurar para fazer também. Para mim, foi uma forma de seguir em frente e não ficar amargurada, mostrar para minha família e amigos que não queria sofrer. E o melhor de tudo, ainda fiz dessa comemoração um negócio”, diz a empresária Meg Sousa.

Utilizada como um “rito de passagem”, no país ainda são poucos os casais que comemoram juntos como no exterior, a maioria dos adeptos são mulheres, que fazem da Festa de Divórcio uma forma de libertação.

Meg explica que eventos desse tipo podem ser simples, para até 20 convidados, ou grandiosas, para 200 convidados. E que é um evento divertido, que serve para quebrar o tabu que diz que esse momento deve ser sempre triste.

Para saber mais sobre a Festa de Divórcio, acesse: www.facebook.com/festadedivorcio

Meu PET – Helô Alves

Meu nome é Helô Alves e sou do signo de aquário, nasci em 11 de fevereiro. Todos dizem que fêmeas com este signo melhoram a qualidade de vida das pessoas ao seu redor. O começo da minha história é um pouco triste porque fui entregue a adoção. Minha nova mamãe sempre fala que eu sou fofa, maravilhosa, obediente, inteligente, educada e tenho postura de uma rainha  … eu acredito, pois nunca fiz algo que aborrecesse minha mamãe. Adoro passear, comer bisnaguinhas, gosto de brincar de pega pega.

Se você quiser me conhecer um pouquinho mais e me contratar para campanhas publicitárias, meu instagram é @helonewzetta e meu face é Helô Alves.

https://www.facebook.com/profile.php?id=100017931706480

Dança do ventre, com ou sem barriguinha?

Giselle Kenj é referência no Brasil em dança do ventre, aos 50 anos possui um corpo de dar inveja. A bailarina acredita que as mulheres que praticam essa dança milenar não precisam ter barriguinha e nem se conformar com ela.

“É puro mito o que dizem por aí, que para ser dançarina do ventre tem que ter barriguinha, até mesmo as antigas egípcias eram esguias”, diz Giselle.

Afirma que dependendo de como se desenvolve o movimento do abdômen (ondulação) pode sim salientar as faixas musculares, formando uma bolinha. Mas, para que isso não aconteça, Giselle desenvolveu exercícios para a dança que trabalham em conjunto com o abdômen, deixando-o impecável.

 

 

A dança do ventre não é só “estética”, também possui outros benefícios, como: fortalecimento dos músculos, melhora o sistema cardiovascular e respiratório, reeduca a postura, auxilia no aumento da flexibilidade, resistência e amplitude dos movimentos, entre outros.

Também associada aos exercícios corretos provoca a dissolução da rigidez física da mulher, causada por repressões de caráter social e sexual, proporcionando uma saúde física e mental mais equilibrada. Além do alinhamento dos chakras, harmonização na produção dos hormônios, domínio da musculatura pélvica, e até diminui o clima do stress mantendo os níveis de DHEA no organismo em conjunto com o trabalho meditativo.

“Sempre digo para minhas alunas buscar o melhor para elas, priorizando a saúde, corpo e mente. O nosso corpo é nosso templo e a dança é uma das formas mais ricas, dignas e belas de manifestação e expressão da vida. Podemos usá-la sempre em nosso benefício”, diz Giselle Kenj.

Para saber mais sobre Giselle Kenj, acesse: www.facebook.com/pages/Giselle-Kenj

Experiência única no restaurante Tantra seguindo a lenda do imperador mongol Gengis Khan

Seguindo a lenda do imperador mongol Gengis Khan, o restaurante Tantra explora a culinária asiática e intensifica a cultura através dos sabores exóticos e afrodisíacos oferecidos não só no cardápio, como também no curioso “Mongolian Grill”, como na época em que os guerreiros preparavam suas refeições usando os escudos como panelas e os capacetes como pratos.

O cliente monta sua própria receita em cumbucas, usando a criatividade para escolher entre frutos do mar (lula, camarão, tubarão e salmão), carnes (búfalo, cordeiro, javali e frango), e mais de 42 tipos de especiarias (ervas, molhos e temperos). A chapa no centro do restaurante é uma atração, onde o cozinheiro finaliza as criações e combinações inusitadas e saudáveis.

A decoração rústica e charmosa, contempla o espaço fundamento no feng shui. Quadros, estátuas, objetos foram minuciosamente escolhidos pelo chef Eric Thomas em suas viagens aos países asiáticos. Pioneiro no conceito de gastronomia com entretenimento, ao jantar no Tantra, é possível assistir atrações peculiares, como: danças étnicas, show aéreos e performáticos, acrobacias, entre outras.

 

Para saber mais sobre o restaurante Tantra, acesse: www.tantrarestaurante.com.br

Informações de serviço
Endereço: Rua Chilon, 364 – Vila Olímpia 
Tel.: 3846.7112
Horário de funcionamento:
Almoço: Segunda a Sexta –  das 12h às 15h / sábado e domingo – das 13h às 17h.
Jantar: Segunda a terça – das 18h às 00h / de quarta a quinta – 18h à 01h / sexta – das 18h às 02h / Sábado – das 19h às 02h / Domingo – fechado.
Aceita cartões: Amex, Visa, Master, TR, VR e Visa Vale. Aceita cheques.
Possui acesso para cadeirante.
Não possui ar condicionado.

Chef Eric Thomas ensina como preparar o saudável e saboroso “Shake Afrodisíaco” do restaurante Tantra

Para manter a boa forma no inverno, sem precisar deixar de lado as delícias gastronômicas, o chef Eric Thomas ensina a preparar o “Shake Afrodisíaco” do cardápio do renomado restaurante Tantra, conhecido por seus pratos saudáveis, exóticos e afrodisíacos.

O Shake além de saboroso e afrodisíaco, proporciona bem estar e faz bem à saúde, pois contém ingredientes, como: a maca peruana, que ajuda a combater o inchaço, reduz o apetite, fortalece o coração, aumenta o libido, previne o diabetes, e evita anemia e a osteoporose. O cacau, por ser isento de açúcar é menos calórico e gorduroso, do que o chocolate.

A banana, que é rica em ferro e também um grande aliado para quem deseja parar de fumar, pois possui vitamina B6 e B12 que juntamente com o potássio e o magnésio, ajuda o corpo a se recuperar dos efeitos da falta de nicotina.

O colágeno, que mantém a firmeza e a elasticidade da pele, a integridade dos músculos, ligamentos, tendões, articulações e ajuda a proteger os ossos.

A tradicional canela, que contribui para o emagrecimento por ser um alimento termogênico, tem ação anti-inflamatória, é rica em fibras e reduzir a glicose no sangue que pode causar a diminuição da libido. É também indicada especialmente para homens que sofrem de problemas de ereção.

A amêndoa, que além de possuir fibras, proteínas, vitaminas e minerais, também diminui o mau colesterol LDL responsável pela obstrução do fluxo de sangue para o coração, evitando ataques cardíacos. E finalmente, o conhecido Whey Protein, que serve como suplemento alimentar utilizado por praticantes de atividade física, e para quem pratica exercícios com peso, auxilia no ganho de massa muscular, reduz a fadiga e favorece para queima de gordura.

“Os ingredientes do Shake Afrodisíaco, podem ser encontrados em supermercados, lojas de produtos naturais e mercadões. É uma ótima opção para acompanhar as refeições, principalmente o almoço por ser light e saudável”, diz Eric.

 Receita

Ingredientes:

1 banana grande

1 colher de sopa de cacau em pó

1/2 colher de sopa de maca peruana

1 copo de leite desnatado

1 colher de sopa de amêndoas

1/2 colher de sopa de canela

1 colher de sopa de Why Protein

1/2 colher de sopa de colágeno

Gelo a gosto (opcional)

Modo de preparo:

Bater todos os ingredientes no liquidificador até ficar homogêneo

Servir gelado (opcional)

Dica do Chef: Polvilhar um pouco de raspa de chocolate meio amargo em cima para decorar.

Para saber mais dicas do chef, acesse: www.youtube.com/channel/UCit1HHCeLk3oi7wuTIHYRPw

Feijoada no penico, samba e cultura no Espaço Refúgio

O Espaço Refúgio, localizado na região do Belenzinho, é uma das casas mais badaladas da Zona Leste de São Paulo nos fins de semana. Conhecida por servir um tradicional prato, porém de uma forma inusitada, a curiosa “Feijoada no Penico”, que faz sucesso aos sábados, esbanja originalidade no objeto feito de barro.

Light ou completo, esse saboroso clássico da culinária brasileira é servido ao som do estilo musical que contagia a todos, o nosso querido samba. Segundo os proprietários, Carioca e Rosana, o lema da casa é “feijoada da melhor qualidade, samba do bom e cerveja gelada”.

Abrimos nossas portas para qualquer tipo de música, desde que os grupos tenham comprometimento com o público e a responsabilidade de fazer uma apresentação de qualidade. O samba é muito forte na casa, pois trazemos grandes nomes e também damos oportunidades para quem está começando”, diz Carioca.

O espaço de shows com gastronomia oferece diversas atrações fixas durante a semana e, uma vez ao mês, recebe a presença de um cantor ou grupo renomado. Com uma decoração rústica, comporta 250 pessoas no total, que ficam distribuídas entre o salão principal, área externa e camarote. Possui um vasto cardápio de bebidas, pratos e petiscos, para atender a todos gostos. Nos dias em que a casa não abre, acontece eventos fechados sociais e corporativos.

Para saber mais sobre o Espaço Refúgio e programação, acesse: www.espacorefugio.com.br