Internet

5 Casas baratas provam que o sonho pode se tornar realidade

Quando falamos em grandes sonhos, a casa própria merece um patamar especial. Grande objetivo na vida de muitas pessoas, a habitação torna-se uma necessidade ainda maior quando a vida nos encarrega com uma nova família – é neste período que a frase quem casa, quer casa torna-se ainda mais real e palpável.

Em tempos de crises financeiras, este tipo de investimento parece ainda mais distante da realidade. Até mesmo entrar em opções de financiamentos a longo prazo parece ser uma situação complicada, já que, encontrar casas em valores baixos que não pesem nas parcelas parece algo bastante complicado.

Nós, do homify, sabemos a importância que um lar tem para as pessoas. Por isto, sempre juntamos as melhores ideias de decoração, reforma e arquitetura para alimentar os sonhos de todos. Pensando nisto, hoje trouxemos dicas especiais para reavivar os sonhos de quem deseja uma moradia para chamar de sua.

São opções que variam de R$ 26.900 a R$ 240 mil e que, comparados a maioria dos imóveis, demonstram um preço realmente pequeno.

Siga conosco pelas imagens abaixo, coloque este sonho de volta em suas metas e inspire-se para conquistá-lo!

1. Casa Container Marília – R$ 26.900,00

Fachada : Casas ecléticas por Casa Container Marilia - Arquitetura em Container

CASA CONTAINER MARILIA – ARQUITETURA EM CONTAINER

Esta é a opção mais econômica e versátil para quem tem planos de morar sozinho. O escritório Casa Container Marília é especializado em oferecer soluções com containers adaptados que podem ser utilizados como habitação individual ou espaço para pequenos negócios, como estúdios, escritórios e etc.

Produzida com container dry de 20′, a pequena casa conta com sala, cozinha e banheiro integrados e desenho que favorece a iluminação e ventilação natural. O imóvel pode, inclusive, ser facilmente transportado para outras regiões por meio de caminhões.

Layout interno: por Casa Container Marilia - Arquitetura em Container
Casa Container Marilia – Arquitetura em Container

CASA CONTAINER MARILIA – ARQUITETURA EM CONTAINER

O projeto com conceito jovem, explora uma das paredes do container para abrigar todas as conexões elétricas e hidráulicas. Seu interior conta com piso laminado e gesso acartonado que proporciona conforto térmico e acústico.

A iluminação é 100% LED e as torneiras são aeradas, opções ecológicas e econômicas que geram até 80% de economia em energia elétrica e 50% economia no consumo de água. Sua estrutura oferece adaptação ainda a placas fotovoltaicas, captação de água da chuva e fossa séptica, resultando em um lar totalmente sustentável.

Casas modernas por Casas inHAUS

Planta da Casa com sugestão de implantação em terreno com construção existente: por Casa Container Marilia - Arquitetura em Container
Casa Container Marilia – Arquitetura em Container

CASA CONTAINER MARILIA – ARQUITETURA EM CONTAINER

A planta simples mostra a localização do banheiro e o espaço integrado a ser utilizado como dormitório/sala e cozinha. As dimensões são perfeitas para uma rotina confortável. A facilidade de deslocamento é especialmente interessante para quem opta por uma vida nômade.

2. Casa das Corujas – R$ 60.000,00

Vista frontal da edificação: por A+R arquitetura
A+R arquitetura

A+R ARQUITETURA

Esta simpática casinha projetada pela A+R Arquitetura, conta com 94 m2 construídos na região entre a Lagoa da Conceição e a Praia do Moçambique, em Florianópolis (SC).

Contando com sala de estar, cozinha, dormitório, banheiro e área de serviço, a habitação foi construída com pé-direito duplo para que a acomodação do casal proprietário ficasse ainda mais confortável.

A lateral foi construída em light wood frame, trazendo um belíssimo contraste com as demais paredes lisas. O pequeno terraço pergolado oferece espaço para abrigar pequenas plantas e uma rede de balanço para aproveitar o vento que sopra da lagoa em direção ao lar.

Cozinha e jantar integrados: por A+R arquitetura
A+R arquitetura

A+R ARQUITETURA

O interior da casinha é simples e acolhedor. O piso em cimento queimado e a iluminação com o uso de trilhos proporciona respectivamente economia no acabamento e funcionalidade no uso.

A delicadeza com o backsplash revestido com azulejos azuis em meio ao cenário branco faz ótima soma com a parede ao fundo. A sala de jantar é integrada e conta com mobiliário recuperado.

Vista interna da edificação com dormitório no andar superior: por A+R arquitetura
A+R arquitetura

A+R ARQUITETURA

Deste ângulo, podemos notar o mezanino que conta com home office e os quartos. O espaço é todo composto com mobiliário recuperado.

O pé-direito duplo foi perfeitamente aproveitado para abrigar a estante com livros e a coleção de discos do casal. O charme da simplicidade é ainda mais especial com as peças de cores vibrantes.

Fachada lateral: por A+R arquitetura
A+R arquitetura

A+R ARQUITETURA

O visual minimalista da fachada traz pequenas aberturas que são suficientes para aproveitar a iluminação e ventilação natural.

Uma pequena escada leva ao piso superior, onde a vista oferece o privilegiado pôr do sol que desce sobre a Lagoa da Conceição. Por um custo tão baixo e um resultado tão incrível, quem casar vai poder, enfim, ter casa.

3. Casa em Guararema por R$ 165.000,00

Casa em Guararema: Casas rústicas por Cabana Arquitetos

CABANA ARQUITETOS

Localizada em Guararema (SP), esta linda casa projetada pelo escritório Cabana Arquitetos, oferece 65 m2 de construção para abrigar uma pequena família.

Com sistema woodframe, suas paredes são de eucalipto, o fechamento interno em OSB Smart Side e os revestimentos de réguas de pínus tratados em autoclave.

Suspensa às margens de uma grande serra, a casa aproveita o visual espetacular ao redor para oferecer uma experiência única de moradia a quem busca isolamento em meio a natureza.

Vista para o vale da sala de jantar: Salas de jantar rústicas por Cabana Arquitetos

CABANA ARQUITETOS

Seu interior é simples e aconchegante. As paredes de vidros oferecem visual 360º para toda a serra. As paredes de poliestireno garantem conforto térmico e acústico para a habitação.

Sua decoração é simples e romântica com ambientes integrados que oferecem mais espaço ao dia a dia dos habitantes. O mobiliário com armários é funcional e inteligente para que cada metro quadrado seja bem aproveitado.

Suíte: Quartos por Cabana Arquitetos

CABANA ARQUITETOS

O quarto integrado é delicadamente decorado com a cama que conta com espaço de armazenamento. A iluminação é ampla e garante sensação de conforto para todos os habitantes.

A pequena saída leva ao terraço externo com visual contemplativo. A meditação é garantida ao som dos pássaros e com o vento fresco que toca o corpo. O investimento na paz tem retorno certo.

4. Residência AT – R$ 240.000

Residência AT - Itupeva SP: Casas modernas por Taguá Arquitetura+Design

TAGUÁ ARQUITETURA+DESIGN

Com um investimento um pouco mais alto, é possível sonhar com esta linda habitação de 152 m2 projetada pela Taguá Arquitetura Design.

Localizada em Itupeva (SP), o imóvel conta com fachada moderna com detalhes em madeira cumaru e brises que oferecem visual moderno e bloqueiam o sol forte que vem do lado oeste.

Os blocos contam com pavimento superior estendo à frente, oferecendo espaço para a varanda. O complemento com o bloco verticalmente alongado faz da fachada ainda mais incrível.

Residência AT - Itupeva SP: Salas de jantar modernas por Taguá Arquitetura+Design

TAGUÁ ARQUITETURA+DESIGN

O interior conta com ambientes integrados que garantem conforto e espaço para a família. As paredes envidraçadas na sala de estar e espaço da escada trazem iluminação natural plena para o interior do lar.

A sala de jantar integrada à cozinha conta com balcão com desenho funcional para rápidas refeições. A saída lateral tem a porta corrediça para garantir ganho de espaço e comodidade.

Residência AT - Itupeva SP: Jardins modernos por Taguá Arquitetura+Design

TAGUÁ ARQUITETURA+DESIGN

Seguindo para o pátio interno, descobrimos o jardim vertical que se alonga por toda a parede de cachepôs em concreto. O desenho maravilhoso garante um espaço singularmente agradável para curtir ainda mais a moradia.

Um lar econômico, agradável, moderno e pronto para ser feliz.

5. Casa CSP 2 – R$ 240.000,00

Casa CSP 2: Casas modernas por PJV Arquitetura

PJV ARQUITETURA

Por fim, chegamos a esta incrível casa moderna desenhada pelo escritório PJV Arquitetura.Localizada na cidade de Penha (SC), a habitação é composta por 2 suítes, área social, garagem, varanda suspensa e jardim interno.

Casa CSP 2: Terraços por PJV Arquitetura

PJV ARQUITETURA

A composição com blocos modernos traz a varanda suspensa do solo, que proporciona sensação agradável junto ao cenário natural ao redor. As paredes de vidro em conjunto com as paredes brancas trazem visual moderno e especialmente interessante à habitação. A abertura possibilita a boa canalização do vento para proporcionar sensação mais do que agradável.

Casa CSP 2: Casas modernas por PJV Arquitetura

PJV ARQUITETURA

A cobertura foi feita com laje impermeabilizada, manta asfáltica e camada com 15 cm de argila expandida, o que resulta em maior conforto térmico à habitação.

Na parte superior foram adicionadas ainda placas solares que são responsáveis pelo aquecimento da água. A chuva é captada por 4 gárgulas que garantem o bom aproveitamento do recurso natural.

Econômica, ecológica e moderna, esta é, sem dúvidas, a realização de um grande sonho para muitas pessoas. Um investimento que será, por muitos anos, a maior conquista de uma família, trazendo a certeza de que sempre vale a pena sonhar.

De qual casa você mais gostou?
fonte:homify

Conheça cinco lojas para comprar bolsas incríveis sem sair de casa

Dê uma chance ao consumo pela internet e confira opções superdiferentes para o acessório

 

Ir ao shopping e encarar várias lojas pode ser uma tarefa cansativa, especialmente para quem não tem muito tempo. O comércio on-line evoluiu bastante nos últimos anos, e é difícil encontrar alguém que não tenha se rendido pelo menos uma vez às compras pela internet.

Lojas especializadas em e-commerce chegaram com tudo no mercado das bolsas. É possível encontrar desde opções básicas do acessório a peças superúnicas. Alguns sites oferecem promoções especiais e preços mais baixos do que estabelecimentos tradicionais.

Selecionamos cinco lojas on-line imperdíveis, vale a pena conhecê-las por seus designs diferentes e preços justos. Confira:

Hey Bag!

Os produtos da loja são feitos à mão e em couro. A Hey Bag! entrega para o Brasil inteiro e faz promoções de frete grátis. Os produtos variam entre versões mini e grandes.

Amaro

A marca on-line oferece roupas, lingeries e acessórios femininos. A sede fica em São Paulo e recebe coleções novas todo mês. A Amaro oferece diversos modelos de bolsas com preços a partir de R$ 89.

Adô Atelier

Criada em 2008, a marca dá preferência a matérias-primas naturais, em especial o couro. A Adô foi idealizada por Fernanda Dubal e Tatiana Azzi. A ideia era confeccionar produtos resistentes inspirados em conceitos de arte, história e design. O site oferece bolsas, carteiras, cases e até itens para animais de estimação.

Rocket Queen Store

A loja tem um estilo superdescontraído e divertido. A Rocket Queen é exclusivamente on-line e trabalha com um catálogo de produtos que serão importados após a compra do cliente. O site paga as taxas alfandegárias e oferece um seguro de extravio para todos os itens. Os preços das bolsas começam em R$ 49.

Bauarte

O site revende outras marcas no meio on-line. É uma opção menos cara de comprar o acessório, especialmente quando os itens estão em promoção. As bolsas na Bauarte têm variedade de estilo e tamanho.

Horóscopo chinês: confira as previsões para 2018, o ano do Cão

Descubra a qual signo do horóscopo chinês você pertence e saiba o que o ano do Cão reserva para você.

Buda teria convidado todos os animais do reino para um encontro em determinado ano novo chinês, mas somente 12 teriam aparecido. Como agradecimento, ele teria atribuído o nome de cada um aos anos e determinado que as pessoas nascidas naqueles períodos herdariam traços das personalidades desses animais.

Essa é uma das principais versões sobre como nasceu o horóscopo chinês, um dos mais antigos e apreciados do mundo. De acordo com o Mestre I Ming, orientador e assessor da Sociedade Feng Shui no Brasil, o próximo ano se caracteriza pela Terra Yang, que traz firmeza e credibilidade no Feng Shui. Dessa forma, 2018 será o ano do Cão de Terra, que representa fidelidade e constância.

O especialista alerta que 2018 será favorável para as pessoas regidas por CavaloTigre e Coelho, mas será desfavorável para as de Dragão e Galo. Além disso, as cores mais promissoras para o ano são branco, qualquer tom de amarelo e as metálicas. Ele lembra também que o período de regência do ano chinês começa no dia 4 de fevereiro de 2018, às 5h28, e vai até o dia 4 de fevereiro de 2019, às 14h13.

Se você não sabe qual é o animal do seu signo no horóscopo chinês, basta procurar qual deles abrange o período que contém a sua data de nascimento.

Mestre I Ming revela que, para 2018, prevê-se o acontecimento de artilharia e fogo cruzado, intensificação de guerras frias entre países, queda nas vendas e conflito nos relacionamentos. “O bom resultado se alcança por obediência, princípios e fidelidade, mesmo diante de dura oposição. Para alcançar um objetivo, é essencial confiar no que já se tem costume de fazer e agir com ainda mais coragem e rigor”, incentiva.

Além disso, as atividades que terão bons tempos na próxima temporada fazem parte dos seguintes setores: esportes, judiciário, automobilístico, financeiro, mineração, gerenciamento, mecânico, ramos não convencionais, segurança, policiamento, controladoria, joias, pedras preciosas, louças, imobiliário, construção, materiais de construção, ramos de liderança, terras, consultoria e porcelana.

 

Confira as previsões feitas pelo Mestre I Ming para os signos chineses em 2018:

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Rato

Características

É uma pessoa com muita capacidade de aceitar os outros, popular, esforçada, solidária e ótima em relações públicas. É melhor sucedida se tiver mais liderança, adora a própria inteligência e opinião, possui vários amigos, mas adora bisbilhotar e criticar. Aprecia muito a própria inteligência e, de certo modo, é teimosa. Se sofre alguma derrota, prefere ficar sozinha. Sua vantagem é ter muita confiança na própria capacidade de trabalhar e de resolver problemas. Pessoas dos signos de Macaco, Dragão e Boi são seus aliados energéticos e, pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses animais podem servir como amuleto.

Previsões

No campo da saúde, as doenças vão melhorar. No trabalho e nas vendas, esteja atenta com a forma de se relacionar com parceiros, isso será decisivo nos negócios. Você terá vários compromissos e estará muito ocupada com atividades educacionais ou de aprendizado. O Rato deverá usar sua capacidade de solucionar problemas e sua agilidade para atingir objetivos.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 3
Educação, aprendizado, comunicação: 3
Saúde, financeiro, poder: 5
Trabalho, profissional: 5
Vendas, negociação: 3

Recado

“Tudo o que é difícil deve ser tentado enquanto é fácil.” (Lao Tzu)

Veja mais: Guia básico para entender tudo o que está no seu Mapa Astral

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Boi

Características

Apesar de parecer calma, em seu interior, você é metódica, trabalhadora e autoconfiante. É uma líder forte, que não se deixa intimidar e caminha resoluta rumo aos seus objetivos. Tente não perder as boas oportunidades por sua ingenuidade e demora na tomada de decisões. É uma pessoa que compreende os outros com facilidade, mas é muito desconfiada.

Previsões

Você terá um ano feliz no trabalho. No entanto, deverá estar atenta para alguma falha no relacionamento com pessoas. Continue negociando com contatos já conhecidos, pois o lucro será maior. Aprender uma nova atividade ajudará a ter sucesso no que faz.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 6
Educação, aprendizado, comunicação: 6
Saúde, financeiro, poder: 8
Trabalho, profissional: 9
Vendas, negociação: 5

Recado

“A diferença entre um homem de sucesso e outro orientado para o fracasso é que um está aprendendo a errar, enquanto o outro está procurando aprender com os seus próprios erros.” (Confúcio)

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Tigre

Características

É poderosa, apaixonada, audaciosa, não admite a possibilidade de derrota e vai até o fim de qualquer ação pela qual decidiu. É uma pessoa que tem alta capacidade em aceitar os outros, é arrojada, imprevisível e gosta de de ser o centro das atenções. É alguém estimulante, pois não atribui grande importância aos bens materiais e jamais trocará seu ideal por uma suposta sensação de segurança. Seus aliados energéticos são pessoas dos signos de Cão, Cavalo e Porco e, pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses animais podem servir como amuleto.

Previsões

Em geral, terá um ano bom. Campos de trabalho, saúde e finanças trarão surpresas agradáveis. Em 2018, cuide bem do relacionamento interpessoal que tem com pessoa que você quer negociar. Bom pescador sabe vender seu peixe.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 3
Educação, aprendizado, comunicação: 4
Saúde, financeiro, poder: 6
Trabalho, profissional: 8
Vendas, negociação: 3

Recado

“O homem de bem exige tudo de si próprio. O homem medíocre espera tudo dos outros.” (Confúcio)

Veja mais: Talvez você esteja errando na combinação astrológica amorosa

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Coelho

Características

Você é centralizadora, não se arrisca facilmente e é afortunada nos negócios e nos relacionamentos. É graciosa, elegante, sensível, sensata, meticulosa e capaz de tirar partido da maioria das situações, sem suscitar a hostilidade de ninguém. Pessoas dos signos de Porco, Cabra e Cão são seus aliados energéticos e, pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses animais podem servir como amuleto.

Previsões

Em geral, você terá um ano bom. Será oportuno fazer alianças com outras pessoas e deixar-se conduzir. Em 2018, deverá retomar projetos e ideias, pois terá sucesso. Os problemas e obstáculos no lar e no trabalho serão superados, mas só depois de muita frustração.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 4
Educação, aprendizado, comunicação: 5
Saúde, financeiro, poder: 7
Trabalho, profissional: 9
Vendas, negociação: 3

Recado

“Tudo o que é difícil deve ser tentado enquanto é fácil.” (Lao Tzu)

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Dragão

Características

Você é uma pessoa forte, cheia de vida, líder, nobre, aristocrática e temerária. Em geral, não tem persistência e nem paciência para atividades minuciosas e demoradas. Gosta de roupas de grife, está atenta a marcas, carros e posições sociais. Cuide-se para que o orgulho não deixe que você se distancie de todos, ou você pode se ver sem verdadeiros amigos em uma situação difícil. Aproveite o seu brilho natural para ser um exemplo de excelência para todos e para ter colaboração em seus projetos. Pessoas dos signos de Macaco, Rato e Galo são seus aliados energéticos e, pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses animais podem servir como amuleto.

Previsões

2018 será um ano não muito confortável para o Dragão. Recupere eventuais prejuízos com seu talento e inteligência, esse certamente é o caminho certo. A vida em família será calma e você poderá fazer novos amigos ou recuperar os que perdeu.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 3
Educação, aprendizado, comunicação: 3
Saúde, financeiro, poder: 5
Trabalho, profissional: 6
Vendas, negociação: 3

Recado

“Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina!” (Lao Tzu)

Veja mais: Especialistas contam o que é o sexo astral e como funciona

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Serpente

Características

Quem é do signo de Serpente tem grande inteligência e, ao mesmo tempo, a natural tendência a ser supersticiosa e, sobretudo, fatalista. Você admite que o curso dos acontecimentos está previamente fixado, sem poder alterá-lo. É uma pessoa tranquila, romântica, astuta, duradoura, desconfiada e exigente. Use a sua percepção intuitiva e projete ao seu redor uma aura hipnótica que lhe proporcione um ar sedutor e envolvente na conquista do sucesso. Procure se aproximar das pessoas dos signos de Galo, Boi e Macaco, que energeticamente te favorecem. Pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses podem servir como amuleto para você.

Previsões

O ano de 2018 será médio para você. As realizações de trabalho poderão ser fantásticas, porque receberá o reconhecimento ou a promoção que merece. Será recompensada pela sua paciência e perseverança. Lucros ou algum aumento também poderão ser esperados. No lar, haverá conflitos. Lembre-se de que um mau acordo é melhor que uma boa briga.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 3
Educação, aprendizado, comunicação: 3
Saúde, financeiro, poder: 5
Trabalho, profissional: 6
Vendas, negociação: 3

Recado

“Em todas as coisas, o sucesso depende de uma preparação prévia. Sem tal preparação, a falha é certa.” (Confúcio)

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Cavalo

Características

Você é naturalmente fogosa, jovial, popular e impetuosa. Gosta de ter a sensação de liberdade, de conversar, de fazer e receber elogios. Quando se apega a uma ideia, trabalha incansavelmente para realizá-la. Então, você se torna uma inexperiente aventureira ou pioneira realizadora, no caso de fracasso ou sucesso, respectivamente. Sua virtude é falar pouco e trabalhar mais. Lembre-se sempre de que a verdadeira liberdade não consiste em seguir os seus humores, mas em aderir, de livre e espontânea vontade, aos princípios do bem, da nobreza e da justiça. Você terá boa sorte ao aliar-se a pessoas dos signos de Cão, Tigre e Cabra. Pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses podem servir como amuleto para você.

Previsões

Terá um ano justo em 2018, com estabilidade no lar, mas alguns distúrbios ligeiros na carreira. Os problemas que irão surgir não serão grandes, mas poderão retardar o progresso. Terá a tendência de se aborrecer facilmente.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 3
Educação, aprendizado, comunicação: 4
Saúde, financeiro, poder: 6
Trabalho, profissional: 8
Vendas, negociação: 3

Recado

“As palavras verdadeiras não são agradáveis e as agradáveis não são verdadeiras.” (Lao Tzu)

Veja mais: Como driblar o “inferno astral” e tornar a fase mais suave

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Cabra

Características

É a pessoa mais emotiva do zodíaco chinês. É sincera, bondosa, generosa, romântica, frágil e resistente. Saiba que o caminho mais fácil nem sempre é o melhor, que todo ser humano é responsável por seus atos e é co-responsável por seu destino. Exerça sua bondade sem exigir algo em troca, assim, você alcançará a verdadeira recompensa. Você terá melhor sorte com pessoas dos signos de Porco, Coelho e Cavalo. Pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses podem servir como amuleto para você.

Previsões

Para você, 2018 será agradável. Quem é de Cabra gasta mais do que ganha e poderá ser confrontado com disputas ou conflitos no lar. Será um ano em que você não deve tentar agradar a todos, mas sim prestar atenção às finanças, com muito cuidado. Não deixe sua emoção chegar ao extremo.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 6
Educação, aprendizado, comunicação: 6
Saúde, financeiro, poder: 8
Trabalho, profissional: 9
Vendas, negociação: 5

Recado

“Melhor do que o homem que sabe o que é justo é o homem que ama o justo.” (Confúcio)

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Macaco

Características

É uma pessoa hábil, criativa, cheia de energia, sempre disposta a superar mais um desafio e capaz de solucionar problemas complicados com facilidade. Com essas qualidades, aliadas a um forte senso de justiça e a uma elevada opinião sobre si mesma, você se torna uma pessoa competitiva. Nesse ano, que terá muitas energias benéficas, você poderá ter inveja do sucesso alheio. Seja afetuosa, espontânea e dada a atos de generosidade. Busque a sorte ao seu lado, aproveitando qualquer oportunidade que aparecer ao seu redor. Seus aliados energéticos são pessoas dos signos de Rato, Dragão e Serpente. Pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses podem servir como amuleto para você.

Previsões

O ano de 2018 será promissor. Você terá o dinheiro extra que necessita e os contatos certos para prosseguir com seus planos. Coloque seus projetos engavetados em ação e terá um resultado muito agradável. Bons retornos justificam os esforços, mesmo quando são demasiados e esgotados. Será um ano em que não deve subestimar seus opositores.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 7
Educação, aprendizado, comunicação: 7
Saúde, financeiro, poder: 9
Trabalho, profissional: 9
Vendas, negociação: 6

Recado

“O mestre disse: ‘Quem se modera raramente se perde’.” (Confúcio)

Veja mais: Esta artista ilustrou perfeitamente a garota de cada signo

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Galo

Características

É alegre, bem-humorada, precisa, organizada, decidida e autoconfiante, mas também é uma pessoa agressiva, apressada e nômade, que gosta de deixar tudo em seu devido lugar. Você terá boa sorte ao se aproximar de pessoas dos signos de Dragão, Serpente e Boi. Pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses podem servir como amuleto para você.

Previsões

Será um ano bom para o Galo, sem dificuldades inesperadas ou grandes preocupações. A sua vida pessoal poderá sofrer danos, mas a recuperação será rápida.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 6
Educação, aprendizado, comunicação: 6
Saúde, financeiro, poder: 8
Trabalho, profissional: 8
Vendas, negociação: 6

Recado

“Aquele que tudo julga fácil encontrará muitas dificuldades.” (Lao Tzu)

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Cão

Características

É uma pessoa correta, constante, simples e despretensiosa, que está sempre pronta para atender os apelos e o socorro dos necessitados. Lealdade é sua virtude e o que lhe traz boa sorte. Porém, não se deixe enganar por pessoas fingem ser boas. Para você ter mais êxito na vida, procure avaliar os outros com cuidado, sem classificá-los apressadamente como “amigos” e “inimigos”. E lembre-se de que nenhuma boa ação, por mínima que seja, ficará sem a sua recompensa. Sua boa sorte poderá vir com pessoas dos signos de Coelho, Tigre e Cavalo. Pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses podem servir como amuleto para você.

Previsões

Em geral, será um bom ano para os negócios e propício para iniciar um novo romance ou reconstruir um relacionamento perdido. Agindo com seu caráter constante na atuação e lealdade à profissão, o sucesso trará resultado compensatório. Melhore em assuntos referentes a dinheiro ou aplicação financeira e use a sua precaução, como sempre.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 6
Educação, aprendizado, comunicação: 6
Saúde, financeiro, poder: 7
Trabalho, profissional: 8
Vendas, negociação: 5

Recado

“A nossa maior glória não reside no fato de nunca cairmos, mas em levantarmo-nos sempre depois de cada queda.” (Confúcio)

Veja mais: Blogueira cria maquiagens que representam cada signo

 (Carolina Horita/MdeMulher)

Porco

Características

Quem é do signo de Porco caracteriza-se pela pureza, inocência, bondade e generosidade naturais. De todos os nativos do zodíaco chinês, você é a mais compreensiva e disposta a relevar as faltas de seus semelhantes. No geral, é honesta, honrada e leal, pois não tem forte apego ao seu próprio ego. Possui boa memória e não guarda ressentimentos. É uma pessoa esperta, liberal, leal, corajosa e atenciosa. Tolere os erros do próximo, na esperança de que os seus próprios erros não sejam apontados. Estabeleça limites entre o que é seu e o que é do outro. Terá boa sorte com as pessoas dos signos de Tigre, Coelho e Cabra. Pelo costume chinês, as figuras, desenhos ou peças desses podem servir como amuleto para você.

Previsões

Em geral, 2018 será um ano moderado para o nativo de Porco. Algumas surpresas agradáveis com oportunidades financeiras poderão aparecer, mas fique atenta para não perdê-las. Tome cuidado dobrado no que se refere a relacionamentos amorosos, amizades ou família. Para quem estuda, será um ano feliz. Trabalhos ou esforços poderão não render como esperado. Por isso, saber esperar é uma boa virtude. Reflita sobre o que é realmente importante.

Nota (de 1 a 10)

Relacionamento, amor: 3
Educação, aprendizado, comunicação: 3
Saúde, financeiro, poder: 5
Trabalho, profissional: 6
Vendas, negociação: 2

Recado

“Para aonde quer que fores, leva junto teu coração.” (Confúcio)

Novo Volkswagen T-Roc é revelado oficialmente

SUV faz parte de iniciativa da VW, que pretende reformular sua família de utilitários esportivos

A Volkswagen descortinou por completo o T-Roc, seu mais novo utilitário esportivo. Apelidado por muitos como o “SUV do Golf”, o modelo será produzido em Portugal e na China. As unidades fabris abastecerão Europa e Ásia, respectivamente. A pré-venda do crossover começa em setembro, coincidindo com o Salão de Frankfurt. O preço da versão de entrada parte de cerca de 20 mil euros (R$ 74.179, em conversão direta).

Vale frisar que o modelo não deve chegar ao Brasil. Virá para o nosso mercado o Tharu. Projeto original da Skoda, subsidiária da Volkswagen, o veículo começará a ser vendido em nosso país até 2021, conforme antecipou com exclusividade a reportagem deste AutoPapo.

LEIA AQUI: THARU, A ARMA SECRETA DA VOLKSWAGEN

Volkswagen T-Roc

O T-Roc chega para travar embate contra Honda HR-V e Jeep Renegade. O VW tem 4,23 m de comprimento, 1,82 m de altura e 2,6 m de entre-eixos (4 cm a menos que o Golf). A capacidade de carga do porta-malas é de 445 litros. O modelo ficará posicionado abaixo do Tiguan e serve como porta de entrada para a montadora na seara do SUVs compactos.

Visualmente, o crossover tem muito da identidade visual do conceito revelado em 2014 e, também, do Audi Q2. A grade integrada aos faróis e o capô com linhas sutis são herança do conceitual. Além disso, há luzes de LED contornando as entradas “fake” de ar. Do seu parente germânico traz a linha de cintura elevada e a carinha de hatch.

Volkswagen T-Roc

No interior temos um presente do Passat, a tela digital de 11,7”. O visual do habitáculo se assemelha ao da reestilização do Golf, que ainda não aportou em território brasileiro. O T-Roc também conta com central multimídia de 8” compatível com Android Auto e Apple CarPlay. Versões mais básicas contarão com tela de 6,5”.

Volkswagen T-Roc

Mecanicamente, o SUV compacto pode vir equipado com motor 1.0 TSI, que gera 115 cv de potência e 20,4 kgfm de torque, aliado à transmissão manual de seis marchas. Além deste trem de força, o consumidor pode optar pelo novo propulsor 1.5 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm de torque. O câmbio pode ser manual, automatizado de sete velocidades ou DSG com tração integral. A versão topo de linha é empurrada pelo 2.0 TSI de 190 cv e 32,6 kgfm, sempre casado com o DSG 4MOTION. Motores a diesel também fazem parte da gama de opções. 1.6 TDI e 2.0 TDI (de 150 cv ou 190 cv) são possibilidades para os europeus.

Volkswagen T-Roc

De acordo com o chefão da VW, Herbert Diess, o “T-Roc estabelece novo marco no segmento de utilitários esportivos. Com sua funcionalidade, dinâmica e tecnologia, o modelo tem todas as qualidades de um bom Volkswagen. O T-Roc é uma pedra fundamental na nossa ofensiva de SUVs”.

 

Assista o vídeo de divulgação

 

FONTE: AUTOPAPO

 

Playboy, Sexy, W e as revistas que desmistificaram a nudez no Brasil e no mundo

Falar de nudez é falar de símbolos que fizeram o mundo mudar o olhar para algo que devia ser visto como natural: o corpo. Confira como algumas revistas popularizaram o nu e o trataram de um jeito único

As revistas Playboy, Sexy, Lui e V são algumas das que contribuiram para a mudança de olhar do público para a nudez
Reprodução

As revistas Playboy, Sexy, Lui e V são algumas das que contribuiram para a mudança de olhar do público para a nudez

“A gente vê a nudez no comercial de cerveja, mas na hora de fazer uma postagem com uma foto de seio falando do câncer de mama, o peito da mulher não pode aparecer”. É por meio desse raciocínio que a publicitária Caroline Cardoso enxerga o modo com o qual a nudez é percebida pela sociedade brasileira. Mas na contramão dessa opinião, há a de dois grandes nomes da área editoral no que diz respeito a entretenimento masculino que veem o nu de outra forma. Para Fel Mendes, ex-editor chefe da Sexy e Tabata Pitol, atual editora-chefe da Playboy , a tecnologia impulsionou a destabulização da nudez e, ainda que disponibilize esse tipo de conteúdo a rodo, só tornou mais fácil a distinção entre um conteúdo pornográfico e um conteúdo erótico, que atraem públicos com interesses diferentes.

Leia também em Sexografia: Literatura erótica é reflexo mais contundente do empoderamento feminino

Por mais que todos tenham nascido sem uma pecinha de roupa sequer, depois de grande, mostrar o corpo acabou virando uma coisa não tão natural assim aos olhos das pessoas – principalmente quando se trata da mulher. No entanto, a mídia tem poder e, no que diz respeito ao mercado editorial, vários produtos desse meio conseguiram popularizar suficientemente a nudez para que ela fosse contemplada e admirada, ao invés de atacada e vista como algo de outro mundo.

Leia também em Sexografia: Almodóvar, Von Trier e os diretores que trabalham a sexualidade em seus filmes

Marilyn Monroe na capa da revista playboy em 1953
Reprodução

Marilyn Monroe na capa da revista playboy em 1953

Em 1953, ano de veiculação da primeira edição da Playboy , periódico masculino, a nudez feminina foi inaugurada entre as páginas da revista e um marco foi realizado. Ali, começava uma era inspiradora e que influencia até hoje quando a questão é o nu nas revistas. Depois da primeira capa com a atriz e ícone de sensualidade Marilyn Monroe , a ideia de ter um produto editorial com um conteúdo que trouxesse o nu, se espalhou pelo mundo e inspirou outras revistas a explorarem a exibição de corpos não só no entretenimento adulto, mas também na moda e na música. Entre elas, a Lui , criada em 1963, foi fortemente inspirada no periódico precursor e se destacou na França por dar uma pitada do toque europeu no que diz respeito ao nu. Em seu início, tinha publicações mais explícitas chegou até a estampar pelos pubianos na capa, mas atualmente, a linha da revista parece estar mais para o lado que une o fashion com a nudez , despindo com classe e estilo belíssimas modelos, inclusive ícones da moda como Gisele Bündchen, Isabeli Fontana e Jourdan Dunn.

Porém, não é só a Lui que retratou o nu depois da Playboy no meio editorial. Além dessa revista, existem outras como a V e a W que tem um olhar único sobre a nudez. No caso da V , a criação é mais recente. A revista americana é de 1999 e além de mesclar a nudez com a moda, o que já é feito pela Lui , ainda mistura a cultura pop e o lifestyle americano com as personalidades desnudas que aparecem em suas páginas. As cantoras Miley Cyrus e Lady Gaga já posaram para a V e exaltaram o conceito alternativo e nitidamente voltado para um viés diferenciado na abordagem do nu da revista.

Lady Gaga pela revista V, Kim Kardashian pela W e uma modelo pela Lui
Divulgação/Reprodução/Reprodução

Lady Gaga pela revista V, Kim Kardashian pela W e uma modelo pela Lui

No caso da revista W , produzida nos EUA em 1971, as publicações exploram o nu de uma forma problematizante, mas não deixam de lado a elegância que faz com que as modelos sejam registradas das formas mais clássicas (e fashion) possíveis. Entre as beldades que já posaram para a revista, estão Kate Moss e Kim Kardashian.

Playboy, Sexy e a nudez nas revistas brasileiras

Falar de nudez nas revistas brasileiras é falar de duas de maior destaque por terem como carro-chefe o entretenimento adulto, ainda que o explorem de forma bem particular. A Playboy brasileira e a Sexy , presentes no mercado editorial nacional há mais de 20 anos, são dois periódicos masculinos com nomes de peso que viveram uma questão parecida durante a vida ativa de circulação: saber como tratar a nudez e qual viés dar para ela nas revistas.

Jéssica Amaral, à esquerda, pela Sexy e à direita,Jéssica Lopes, pela Playboy
Marcio Del Nero/Emanuelle Jeane Appendino

Jéssica Amaral, à esquerda, pela Sexy e à direita,Jéssica Lopes, pela Playboy

Tabata Pitol, diretora de redação da Playboy  do Brasil, revelou que a missão das páginas que têm o coelhinho engravatado é exaltar a mulherada com muito glamour. “O segredo é tratar a nudez de uma forma bonita, artística”, disse a jornalista, que ainda adicionou mais uma característica particular ao periódico e exaltou outro diferencial. “Pra estar na capa da Playboy , o pré-requisito sempre foi ser uma estrela. Não quero citar concorrentes, mas tem revista que não traz celebridade na capa e a gente traz”, terminou.

No entanto, ainda que a Playboy   do Brasil seja um fruto da pioneira no segmento, a Sexy tem raízes aqui no país tropical e, apesar de também tratar de entretenimento adulto, difere um pouco na abordagem do nu na revista . De acordo com Fel Mendes, que foi por sete anos editor-chefe da revista, a principal característica da nudez da Sexy em relação a da Playboy era apenas uma: a ousadia. “Cada uma tá num lugar: a Playboy é mais artística e a Sexy mais ousada”, revelou.

Ainda falando das duas mais fortes publicações do mercado quando o assunto é revista masculina, Fel ainda disse um pouco mais sobre o tipo de abordagem da Sexy no que diz respeito as fotografias de garotas nuas, além de contar sobre uma vantagem em ser a segunda mais forte no segmento. “Tentávamos ousar um pouco mais, mas colocar a nudez de uma forma natural. Ser a segunda do mercado tem disso, né… A segunda pode ousar mais, a primeira não”, afirmou o ex-editor, que finalizou atestando que, enquanto esteve na Sexy , ainda que não tenha escondido o fato de que a revista que coordenava teve influência da Playboy , chegou até a rolar um climinha de competição entre as duas marcas. “Existia uma influência não só na nudez, mas no próprio formato. De 2009 até 2012 eram revistas que se pareciam bastante… A gente até disputava as capas”, contou.

Tricia Helfer já posou para a revista Playboy
Divulgação

Tricia Helfer já posou para a revista Playboy

Mas e o tabu da nudez?

Apesar das revistas, da publicidade e da internet, ainda dá para questionar qual é o lugar da nudez na mídia e o que ela representa. Para Fel Mendes, ex-editor da Sexy , o ganho de espaço do nu foi algo involuntário e natural impulsionado pela virtualização dos meios de comunicação e que, obviamente, influenciou na forma com a qual o público recebe e consome revistas de conteúdo erótico. “A própria nudez foi ganhando um lugar mais comum… Um exemplo disso é o fato de hoje todo mundo fazer nude. Acho que o fato das próprias pessoas se fotografarem com o celular ajudou a diminuir um pouco esse estigma sobre a nudez”, disse. E ainda no contexto tecnológico da questão, Tabata, diretora de redação da Playboy , ressaltou que não importa que a tecnologia ofereça esse fácil acesso a todo tipo de conteúdo, inclusive a nudez que, por muitos, pode ser confundida com algo que carregue um teor pornográfico. “Hoje, o segredo das revistas para trazer o nu enquanto tem isso na internet a torto e a direito é produzir conteúdo de bom gosto com pessoas interessantes. A pessoa que tá procurando mulher pelada na internet não é a mesma que quer ver o trabalho daPlayboy , que tem produção, uma ideia por trás e um cuidado especial”, relatou.

Porém, na contramão da visão positiva dos dois profissionais de comunicação, a publicitária Caroline Cardoso, que se formou há pouco tempo no curso de Publicidade e Propaganda, considera que os passos da sociedade em direção ao olhar natural para a nudez estão bem lentos. Outra coisa bem evidente para a ex-universitária é o fato da principal personagem em todo esse meio artístico e midiático muitas vezes (ou quase sempre) não conseguir opinar: a mulher. “Acredito que a nudez na publicidade também têm um pouco a ver com as poucas mulheres que estão dentro das áreas de design e criação”, disse.

Leia também em Sexografia: Da nudez ao sexo, pode a pornografia ser considerada uma manifestação artística?

Cris Martins, ganhadora do reality
Nelson Miranda/Divulgação

Cris Martins, ganhadora do reality “Casa das Pimentinhas” da revista Sexy e capa da publicação no mês de abril

No entanto, ainda que exista divisão entre as opiniões positivas e negativas em relação à  nudez , é difícil tampar os olhos para a proporção que o nu tomou e com a qual se coloca em pauta hoje em dia – além do fato de que isso só começou por conta do meio editorial, que mesmo com todos meios de informação e comunicação alternativos, continua firme nesse tipo de produção de conteúdo e parece que não vai desistir tão cedo de inserir nele um diferencial.

Fonte: Gente – iG 

As melhores fotos dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 até agora

  1. O esquiador americano Mikaela Shiffrin ganhou o slalom gigante na quinta-feira, 15 de fevereiro. É o segundo ouro olímpico de sua carreira. Javier Soriano / AFP / Getty Images

     

    Mikaela Shiffrin entrou nas Olimpíadas de Inverno como a esquiadora mais dominante do mundo, e o americano de 22 anos não soltou uma vez que a competição finalmente começou.

    Shiffrin ganhou o ouro no slalom gigante na quinta-feira, tornando-se um dois vezes campeão olímpico. Ela também ganhou o slalom em 2014, um título que tentará defender na sexta-feira. Ela agora é o terceiro esquiador americano na história a ganhar dois ouro olímpicos, juntando-se a Andrea Mead Lawrence e Ted Ligety.

    Do lado masculino, Aksel Lund Svindal, da Noruega, fez sua própria história quando ganhou o declive e tornou-se o esquiador mais antigo a ganhar o ouro olímpico. Svindal, 35, agora tem quatro medalhas olímpicas, três das quais venceu em 2010.

    Em outras competições olímpicas quinta-feira, Aliona Savchenko e Bruno Massot deram a Alemanha ouro em patinação artística em pares. Eles quebraram seu próprio recorde mundial para maior pontuação em um skate grátis.

    E no que poderia ser uma prévia do jogo da medalha de ouro, o Canadá derrotou os Estados Unidos 2-1 no hóquei feminino. Os dois países jogaram pela medalha de ouro em cada uma das duas últimas Olimpíadas, com o Canadá vencendo as duas vezes.

    Aqui estão algumas das fotos mais atraentes que vimos da Coréia do Sul até agora.

    Aliona Savchenko e Bruno Massot ocupam um selfie com seus companheiros de equipe alemães depois de ganhar o ouro em patinação artística em pares em 15 de fevereiro. Peter Kneffel / Picture-Alliance / DPA / AP

    O Pierre Vaultier da França comemora após ter defendido com sucesso seu título olímpico na cruz de snowboard. Gregory Bull / AP

    Os membros da tripulação preparam o curso de slalom gigante antes do evento de esqui começar. Jae C. Hong / AP

    Kristina Astakhova, uma graça a patinadora da Rússia,  ela e o parceiro Alexei Rogonov competem no evento de pares. Bernat Armangue / AP

    O alemão Martin Noerl, à direita, lidera um pacote de snowboarders durante as quartas de final do snowboard em 15 de fevereiro. Clive Rose / Getty Images

    O esquiador de cross-country norueguês Ragnhild Haga comemora depois de ganhar o ouro no estilo livre de 10 quilômetros em 15 de fevereiro. Odd Andersen / AFP / Getty Images

    A oficial Jenni Heikkinen tenta separar os jogadores do Canadá e dos Estados Unidos durante um jogo preliminar de hóquei em volta de 15 de fevereiro. O Canadá ganhou 2-1. Julio Cortez / AP

    O snowboarder americano Shaun White se torna emocional depois de ganhar ouro no halfpipe masculino na quarta-feira, 14 de fevereiro. David Ramos / Getty Images

    Shaun White comemora depois que o placar chegou para a corrida final de meio tiro. Ele marcou 97.75 na última corrida da competição, ultrapassando o japonês Ayumu Hirano para ganhar o ouro. Clive Rose / Getty Images

    Ryom Tae Ok da Coréia do Norte patina perto do gelo enquanto ela e seu parceiro, Kim Ju Sik, realizam seu programa curto em 14 de fevereiro. David J. Phillip / AP

    Jan Mursak da Eslovênia, certo, comemora depois de marcar um gol nas horas extras para derrotar os Estados Unidos 3-2 no hóquei masculino. Foi o abridor olímpico para ambas as equipas. Harry How / Getty Images

    Os fãs do norte-coreano torcem no evento do slalom feminino, que foi adiado por causa dos ventos fortes em 14 de fevereiro. Frank Hoermann / Sven Simon / Picture-Alliance / DPA / AP

    Os animais recheados ficam no gelo perto de Lee Jingyu e Randi Griffin depois que a equipe de hóquei das mulheres coreanas foi eliminada da disputa da medalha. A equipe, que inclui jogadores da Coréia do Norte e do Norte, perdeu para o Japão 4-1. Ele tinha sido fechado em seus outros dois jogos. Jung Yeon-Je / AFP / Getty Images

    O Eric Frenzel, da Alemanha, comemora depois de ganhar o combinado nórdico, um evento em que os atletas competem tanto no salto de esqui como no esqui cross-country. Frenzel também ganhou ouro em 2014. Matthias Schrader / AP

    O Alexander Gassner da Alemanha inicia uma corrida de esqueleto durante a prática em 14 de fevereiro. Wong Maye-E / AP

    As pessoas vêem uma partida de exibição de voleibol de neve na Casa Áustria em Pyeongchang. Felipe Dana / AP

    Ilkka Herola da Finlândia sobe no ar durante a porção de salto de esqui do combinado nórdico. Charlie Riedel / AP

    O atleta de esqueleto americano John Daly realiza uma prática na terça-feira, 13 de fevereiro. Mohd Rasfan / AFP / Getty Images

    O esquiador austríaco Matthias Mayer cai nos membros da equipe do curso durante a parte do slalom dos homens combinados. Eric Bolte / USA Today Sports

    Chloe Kim, uma snowboardista americana de 17 anos, ganhou o ouro no halfpipe em 13 de fevereiro. Ramsey Cardy / Sportsfile / Getty Images

    Um espectador detém uma bandeira sul-coreana enquanto observa a porção de slalom dos homens combinada em 13 de fevereiro. Charlie Riedel / AP

    Marcel Hirscher, da Áustria, faz um slalom em seu caminho para ganhar o combinado. É a primeira medalha de ouro olímpica para Hirscher, seis vezes campeão mundial que tem seis títulos da Copa do Mundo em seu currículo. Alexander Hassenstein / Getty Images

    Stina Nilsson, de frente para a câmera, é parabenizada pela companheira Swede Hanna Falk depois de ganhar o ouro em um sprint de cross country em 13 de fevereiro. Foi o primeiro ouro olímpico para “Silver Stina”, que terminou em segundo lugar nos Campeonatos Mundiais em quatro ocasiões distintas . Jonathan Nackstrand / AFP / Getty Images

    Kempin Fan da China, à esquerda, e a russa Sofia Prosvirnova competem em uma corrida de curta distância de 500 metros no dia 13 de fevereiro. Xin Li / Getty Images

    O Justin Murisier da Suíça esquenta a parte de baixo dos homens combinada. Alessandro Trovati / AP

As 20 melhores cidades de São Paulo para se viver

Depois do estado de Santa Catarina, é a vez de o Sempre Família publicar o ranking das melhores cidades para se viver no estado de São Paulo, com base no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). As listas atendem ao pedido de vários leitores que enviaram e-mails à redação ou deixaram comentários em publicações do site nas redes sociais.

Para a construção da lista foram usados dados oficiais. A metodologia do índice foi adaptada do IDH Global pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pela Fundação João Pinheiro.

Basicamente, são levados em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). A partir dos cálculos de cada um desses fatores, se chega ao índice geral de IDHM, organizado no Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil, divulgado em 2013.

Veja abaixo as 20 cidades paulistas com melhor desempenho no IDHM:

1) São Caetano do Sul

Fábrica da General Motors em destaque. (foto: GM do Brasil/Divulgação)
Fábrica da General Motors em destaque. (foto: GM do Brasil/Divulgação)

O município da região chamada de ABC Paulista, com cerca de 150 mil habitantes, está no topo das cidades com melhor IDHm no estado de São Paulo. O bom resultado se deve principalmente à renda per capita, que é R$ 2.043,74. Além disso, os índices de longevidade e educação também são bons, o que coloca o município não apenas como o mais bem colocado em nível estadual, mas também como a cidade com o maior IDHm no país, superando todos os outros 5.564 municípios brasileiros.

 

2) Águas de São Pedro

Foto: Prefeitura de Águas de São Pedro/divulgação
Foto: Prefeitura de Águas de São Pedro/divulgação

Esta pequena cidade, de apenas 2.700 habitantes, já havia ganho destaque no ranking das melhores pequenas cidades do Brasil para se viver, publicado pelo Sempre Família, em março. Naquela lista, Águas de São Pedro ficou com o primeiro lugar. Quando se consideram todos os municípios paulistas, independentemente do tamanho da população, o índice de 0,854 garante à cidade uma ótima segunda posição, o que comprova a qualidade de vida de Águas de São Pedro.

 

3) Santos

Porto de Santos. Foto: divulgação/Secretaria de Portos
Porto de Santos. Foto: divulgação/Secretaria de Portos

Com cerca de 420 mil habitantes, a maior cidade do litoral paulista tem IDHM de 0,840. De 2000 a 2010, o componente do índice no qual o município apresentou maior evolução foi a Educação, com crescimento de 0,093. Na Economia, Santos se destaca por abrigar o maior porto da América Latina, responsável por abastecer, principalmente, os estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O turismo da cidade, naturalmente, também está vinculado às suas praias. Os jardins da orla de Santos formam o maior jardim frontal de praia em extensão do mundo.

 

4) Jundiaí

Praça da Cultura. (Foto: divulgação/Governo do Estado de São Paulo)
Praça da Cultura. (Foto: divulgação/Governo do Estado de São Paulo)

Cidade a noroeste da capital paulista com cerca de 370 mil habitantes, Jundiaí apresenta IDHM de 0,822 e dispõe de índices positivos em itens que vão além de renda, educação e longevidade. Em levantamento recente do Instituto Trata Brasil, a cidade ficou com o primeiro lugar no ranking de cidades paulistas com melhor saneamento básico entre municípios com mais de 300 mil habitantes e segundo lugar no ranking nacional, perdendo apenas para Uberlândia, em Minas Gerais.

 

5) Valinhos

Praça Washington Luiz. (Foto: divulgação)
Praça Washington Luiz. (Foto: divulgação)

Conhecida como Capital Nacional do Figo Roxo, a cidade de Valinhos, na região metropolitana de Campinas, também tem se destacado na agricultura pela produção de goiaba, sendo a maior produtora do país. Trata-se de um município jovem, fundado em 1953. Tem em torno de 107 mil habitantes e IDHM de 0,819.

 

6) Vinhedo

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Município conhecido por abrigar um dos maiores parques de entretenimento do país, o Hopi Hari, Vinhedo tem IDHM de 0,817, índice puxado para cima, principalmente pelos índices educacionais. No ano passado a cidade recebeu o selo de cidade livre do analfabetismo. O município também se destaca pela produção de uva e pelos condomínios de alto padrão.

 

7) Santo André

Praça IV Centenário. (Foto: divulgação/Prefeitura de Santo André)
Praça IV Centenário. (Foto: divulgação/Prefeitura de Santo André)

A cidade do ABC Paulista apareceu em outra lista recentemente publicada pelo Sempre Família. Ela é a quinta melhor grande cidade do país para se criar os filhos e deve isso em parte ao seu bom IDHM de 0,815. Com 679 mil habitantes, Santo André viveu o auge da indústria automobilística na região décadas atrás, mas, com a migração de várias montadoras para a o interior do estado, diversificou sua economia, apostando nos setores de comércio e serviços.

 

8) Araraquara

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Apresenta o mesmo IDHM de Santo André (0,815), mas fica um pouco atrás no item renda, o que coloca o município na oitava posição. A cidade está localizada na região central do estado, tem cerca de 224 mil habitantes e abriga um dos campus da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp). Há discordâncias quanto ao significado do nome da cidade. Uma versão o traduz do tupi com o significado “toca de arara”, mas há a hipótese de que a tradução mais precisa seja “morada do Sol”.

 

9) Santana de Parnaíba

Centro Histórico. (Foto: divulgação/Prefeitura de Santana do Parnaíba)
Centro Histórico. (Foto: divulgação/Prefeitura de Santana do Parnaíba)

Com 0,814 de IDHM, o município que pertence à Região Metropolitana de São Paulo possui em torno de 123 mil habitantes. A fundação da cidade, em 1580, remonta ao início da colonização no Brasil, o que faz dela uma das mais antigas do estado. A longa história também deixou como herança um Centro Histórico bastante visitado, que reúne em torno de 200 casas e construções datadas dos séculos XVII e XVIII. Trata-se do maior conjunto colonial do estado.

 

10) Ilha Solteira

Avenida Brasil (Foto: divulgação/Assembleia Legislativa de São Paulo)
Avenida Brasil (Foto: divulgação/Assembleia Legislativa de São Paulo)

Estrategicamente construída para abrigar os trabalhadores da Hidrelétrica de Ilha Solteira, no fim dos anos 60, o município é exemplo de urbanização e oferece atendimento universal de água, energia elétrica e saneamento básico para seus 26 mil habitantes. A cidade também abriga um campus da Unesp no qual funciona um grande centro de pesquisa responsável pelo desenvolvimento de tecnologia elétrica. O IDH é de 0,812.

 

11) Americana

Avenida Brasil. (Foto: Wikimedia Commons)
Avenida Brasil. (Foto: Wikimedia Commons)

Cidade pertencente à Região Metropolitana de Campinas, faz parte do polo têxtil do estado, tem em torno de 212 mil habitantes e apresenta IDHM de 0,811. O nome da cidade faz referência à imigração de famílias norte-americanas que vieram para a cidade no século XIX, após o fim da Guerra Civil nos EUA.

 

12) São José dos Campos

Avenida Teotônio Vilela. (Foto: divulgação/Prefeitura de São José dos Campos)
Avenida Teotônio Vilela. (Foto: divulgação/Prefeitura de São José dos Campos)

Considerada a “capital” da região chamada de Vale do Paraíba, São José dos Campos fica à leste da capital paulista, tem cerca de 681 mil habitantes e apresenta IDHM de 0,807. No passado, o café foi o principal produto na economia local, mas, desde o início do século XX, grandes indústrias chegaram e mudaram o perfil do município. Hoje, estão instaladas lá fábricas como Johnson & Johnson, Philips, General Motors, Monsanto e Panasonic. A cidade também é o principal polo de tecnologia aeronáutica do país. Lá estão a sede da Embraer, o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

 

13) Presidente Prudente

Praça Nove de Julho. (Foto: Wikimedia Commons)
Praça Nove de Julho. (Foto: Wikimedia Commons)

A principal cidade do oeste paulista tem cerca de 220 mil habitantes e recebeu esse nome em homenagem ao ex-presidente da república Prudente de Morais (1841 – 1902), que também foi o primeiro governador do estado de São Paulo. A economia do município já esteve centrada na produção de algodão, mas hoje é o setor de serviços o principal responsável por geração de riqueza na cidade. A vida cultural é movimentada com grandes eventos sazonais como o Festival Nacional de Teatro, o Salão do Livro, o Sushi Fest e a Expo-Prudente. O IDHM é de 0,806.

 

14) São Paulo

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

A maior cidade de todo o Hemisfério Sul ficou com IDHM de 0,805. Fundada por padres jesuítas em 1554, a pequena vila foi crescendo gradativamente com o passar dos séculos, mas ganhou proporções gigantescas principalmente no século XX, devido à intensa industrialização. Calcula-se que 11,8 milhões de habitantes vivam nessa metrópole, quantidade superior à população de países como Grécia, Portugal, Uruguai ou Israel.

 

15) São Carlos

Foto: divulgação/Assembleia Legislativa de São Paulo
Foto: divulgação/Assembleia Legislativa de São Paulo

Com o mesmo IDHM da capital paulista, São Carlos só perde no quesito renda. Fica na região centro-leste do estado, tem população de aproximadamente 239 mil pessoas e tem na agropecuária uma de suas principais atividades econômicas, com destaque para a produção de cana de açúcar, laranja, leite e criação de frangos. Essa característica não impede, contudo, que grandes indústrias também funcionem na cidade, como a Faber-Castell, a Volkswagen e a Electrolux.

 

16) São Bernardo do Campo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Mais uma cidade do ABC Paulista no ranking. São Bernardo do Campo é o berço do forte movimento sindical que deu origem a influentes líderes políticos, como o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. Desde a década de 50 a economia da cidade é movimentada principalmente pela indústria automotiva, como são exemplo as fábricas da Volkswagen, da Ford e da Mercedes-Benz.

 

17) Assis

Catedral de Assis. (Foto: Divulgação/Diocese de Assis)
Catedral de Assis. (Foto: Divulgação/Diocese de Assis)

A cidade do oeste paulista com cerca de 101 mil habitantes também dispõe de um campus da Unesp, além de um campus de pós-graduação da Universidade de São Paulo (USP). O nome da cidade faz referência ao fundador, o capitão Francisco de Assis Nogueira, que atuou como desbravador da região no início do século XX. O IDH do município empata com os de São Paulo, São Carlos e São Bernardo, mas a cidade é superada no quesito renda.

 

18) Campinas

Foto: divulgação/Prefeitura de Campinas
Foto: divulgação/Prefeitura de Campinas

Com 1,1 milhão de habitantes é o terceiro município mais populoso do estado, ficando atrás apenas da capital e de Guarulhos. Campinas é um centro econômico importante, mas ganha destaque ainda maior sua produção científica, graças à Unicamp, considerada por vários rankings como a segunda melhor universidade do país, sendo superada apenas pela USP. Embora não seja uma capital, tem sua própria região metropolitana, dada a influência que a cidade exerce nos 20 municípios que a circundam. Campinas possui o mesmo IDHM das outras quatro cidades citadas anteriormente, mas é superada nos itens educação e longevidade.

 

19) Rio Claro

Divulgação: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Localizada na região centro-leste do estado, Rio Claro tem 198 mil habitantes e IDHM de 0,803. A cidade foi colocada recentemente num ranking curioso. A Amazon, gigante norte-americana que comercializa livros pela internet, elegeu Rio Claro como a cidade mais nerd do Brasil. Isso porque, proporcionalmente à sua população, é o município para o qual o site mais enviou livros relacionados à saga Star Wars.

 

20) Bauru

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Com 364 mil habitantes, Bauru é o município mais populoso do centro-oeste paulista e tem IDHM de 0,801. A fundação da cidade, em 1896, fez parte do movimento chamado Marcha para o Oeste, criado pelo governo de Getúlio Vargas para incentivar a ocupação e o desenvolvimento da região central do país. O nome da cidade tem origem indígena, mas não há consenso quanto ao significado. Uma das hipóteses traduz o nome do tupi para “queda d’água”, outra explicação sugere que Bauru é uma variação da palavra que se refere à “cesta de frutas”.

 

Fonte: SEMPREFAMÍLIA

 

15 propriedades mais caras no Brasil

15. A propriedade milionária de Balneário 

Onde: Balneário Camboriú

Valor da propriedade: não sai menos de R$ 600 milhões

Terreno: 373,56 m²

Área Construída: cada apartamento 252 m²

A propriedade milionária de apenas 252 metros quadrados fica em Balneário Camboriú, Santa Catarina, no edifício Baturité Lounge House. O edifício que fica na Avenida Atlântica tem um terreno de 373,56 metros quadrados e cada apartamento não vai sair por menos de R$ 9,5 milhões. O local é super valorizado já que fica em Balneário, uma das praias mais badaladas e mais caras do sul do Brasil. Muitos são os milionários que passam as férias lá ou até mesmo moram. Achamos que o IPTU vai sair um pouco salgado. E aí, topa desembolsar mais de R$ 9 milhões de reais?

14. Rolf Roberto Baumgart, da família fundadora do Center Norte

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: R$ 29 milhões

Terreno: 5.166 m²

Área Construída: 5.053 m²

A propriedade fica em São Paulo e é um sonho de casa.  Com pilares e janelas altas e enormes, qualquer pessoa fica elegante lá dentro. Buscamos algumas informações sobre essa propriedade. Ela fica em São Paulo, no bairro Morumbi. O terreno é de 5.166 metros quadrados e a construção toma 5.053 metros quadrados do terreno. O valor avaliado da propriedade é de R$ 29 milhões e um IPTU de R$ 214 mil. A casa serve de residência para a família fundadora do Center Norte, maior rede de shopping centers da América Latina. Você levará horas para conhecer cada cantinho da propriedade caso eles te chamarem para um chá.

13. Abram Szajman, empresário e presidente da Fecomercio

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: R$ 32 milhões

Terreno: 4.625 m²

Área Construída: 4.059 m²

A maravilhosa residência de Abram Szajman, um empresário de 78 anos que fundou a Fecomercio-SP, foi avaliada em R$ 32 milhões. A propriedade fica em São Paulo no bairro Cidade Jardim como já era de se esperar. Ela possui um terreno de 4.625 metros quadrados e uma área total construída de 4.059 metros quadrados. Achamos que você vai gastar boas horas para visitar todos os cômodos dessa casinha. O IPTU não custa menos do que R$ 237 mil. Mais uma vez o governo se apoderando do dinheiro das terras. Abram Szajman está entre os 60 homens mais poderosos então achamos que esses valores são gorjeta para ele.

12. Fausto Silva, o Faustão e seus R$ 32 milhões

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: R$ 32 milhões

Terreno: 4.635 m²

Área Construída: 3.716 m²

O apresentador da televisão brasileira também é dono de uma mansão avaliada em míseros R$ 32 milhões. Fausto Silva tem 67 anos e uma fortuna avaliada em quase R$ 1 bilhão. Mas acreditamos que ele deve ter mais guardado embaixo do colchão. Sua propriedade fica em São Paulo, Morumbi e tem um terreno de 4.635 metros quadrados. A área construída é de 3.716 metros quadrados e fica escondida entre os matos envolta. Não se sabe como é a decoração por dentro, mas deve ser tão extravagante como é por fora.

11. Luiz Roberto Ortiz Nascimento e sua mansãozinha

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: R$ 32 milhões

Terreno: 4.511 m²

Área Construída: 3.973 m²

A nossa décima primeira mansão foi a de Luiz Roberto Ortiz Nascimento, que ficou no valor de R$ 32 milhões. Ele faz parte da família fundadora da Camargo Corrêa, uma construtora bilionária. Buscamos algumas informações sobre essa propriedade. Ela fica em São Paulo no bairro, Cidade Jardim. O terreno é de 4.511 metros quadrados e a casa simples foi construída numa área de 3.973 metros quadrados. Bem básica como vocês podem ver na foto. O IPTU da morada não diminui dos R$ 229 mil, mas isso não é nada para Luiz, não é mesmo? E você, o que faria se pudesse morar numa casa dessas? Qual seria o seu cômodo favorito?

10. A simplista mansão de Nova Lima

Onde: Minas Gerais

Valor da propriedade: mais de R$ 10 milhões

Terreno: não informado

Área Construída: não informado

A bela e maravilhosa mansão construída em Nova Lima, Minas Gerais tem atraído todos os olhares dos brasileiros. A propriedade fica apenas 22 km de distância de Belo Horizonte e está tomada de luxo e exuberância. Ainda não se tem um dono declarado para ela. Ela pode ser sua. No interior ela tem  uma piscina, campo para jogar tênis e até mesmo um parque infantil para você levar as crianças. Todas as paredes dela foram montadas à mão com pedras de Minas mesmo. Quanto luxo! As pedras tem um tom vermelho que fica maravilhoso quando sob a luz do sol. Fora da casa já era de se esperar uma magnífica piscina com um jardim imenso para você passear. E tudo isso pode ser seus por apenas alguns milhões. Topa? Ou prefere conhecer a próxima propriedade?

9. Propriedade de Neymar

Onde: Mangaratiba

Valor da propriedade: R$ 38 milhões

Terreno: 10 mil m²

Área Construída: Não informado

O nosso querido jogador Neymar que ganha não menos do que R$ 12 mil por hora (Sim!!!), também tem uma casa modesta em Mangaratiba, no litoral carioca. Ele desembolsou uma quantia irrisória de R$ 28 milhões nessa belezura da foto. Mas se você acha que essa casa não tem nada de mais, você está completamente enganado. Ela é muito mais do que os olhos podem ver. Construída num terreno de 10 mil metros quadrados, ela tem 6 suítes, uma adega maravilhosa subterrânea, heliporto para quando você for visitá-lo, um spa com jacuzzi, academia, sala de massagem para dias estressantes (quando ele não sabe exatamente o que fazer com os R$ 12 mil por hora) e uma sauna. Seu vizinho são estrelas assim como ele. Regina Casé e Adriana Esteves conseguem ter a presença ilustre do jovem de apenas 25 anos que tá rindo à toa.

. Família Constantino, fundadora da Gol Linhas Aéreas

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: R$ 43 milhões

Terreno: 6.250 m²

Área Construída: 6.425 m²

A simples mansão da família Constantino também ficou no nosso ranking na oitava posição. A família é fundadora da Gol Linhas Aéreas então nada melhor do que uma propriedade de 6.250 metros quadrados para se ver das alturas. A área construída é de 6.425 metros quadrados onde eles moram ou passam os finais de semana. Mas onde fica? Em São Paulo no bairro Morumbi. A pequena propriedade foi avaliada em R$ 43 milhões de reais. O IPTU a ser pago é de 207 mil reais. Nada muito exorbitante, não acha? Gostaria de morar no Morumbi nessa casa?

7. Mansão do engraxate Washington Cinel

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: R$ 50 milhões

Terreno: 2 mil m²

Área Construída: 1.560 m²

A mansão de Washington Cinel fica em São Paulo e vale nada menos do que R$ 50 milhões. Washington já foi engraxate no interior de São Paulo, mas se tornou em 30 anos o comandante da Gocil (uma das maiores empresas de vigilância e segurança do país). Incrível, não é mesmo? Hoje ele vive nessa propriedade de 2 mil metros quadrados. A pequena casa já foi do magnata José Ermírio de Moraes. Ela tem 1560 metros quadrados e é cheia de puro luxo, vegetação e incríveis piscinas ao redor. Não se sabe o valor do IPTU, mas não deve ser barato. Mas Washington merece tudo isso!

6. Propriedade de João Dória Jr.

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: R$ 50 milhões

Terreno: 7000 m²

Área Construída: 3.511 m²

O empresário e jornalista João Dória Jr. também é dono de uma mega mansão avaliada em R$ 50 milhões. A propriedade tem 7 mil metros quadrados e uma área construída de 3511 metros quadrados. Para você ter uma ideia, tem até uma quadra de tênis lá e um campo de futebol para as peladas do final de semana. João Dória é o atual prefeito de São Paulo e tem mais de R$ 180 milhões em patrimônios declarados. O IPTU dessa propriedade em particular custa R$ 285 mil e achamos que o prefeito deve pagar em dia seus deveres para com o governo. Por isso ele sorri feliz nessa foto.

5. Propriedade de Abílio Diniz e sua fortuna de R$ 12,39 bilhões

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: 50 milhões

Terreno: não informado

Área Construída: 1.210 m²

Abílio Diniz é um empresário de 81 anos e já foi dono do grupo Pão de Açúcar. Ele tem uma fortuna ridícula de R$ 12,39 bilhões. Comprou uma casinha de R$ 50 milhões no Jardim Europa em São Paulo. Ela tem uma área construída de 1.210 metros quadrados que é de invejar. Nem um dia para você conhecer tudo. Como Abílio ama esportes, ele colocou uma piscina com raia e uma quadra de tênis. O IPTU da casa é de R$ 285 mil, o que não significa nada para ele com seus bilhões no banco. E você, o que faria se tivesse o mesmo tanto de dinheiro que ele. Compraria uma casa no Jardim Europa de R$ 50 milhões?

4. Propriedade milionária de Jorge Yunes 

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: R$ 96 milhões

Terreno: 7.230 m²

Área Construída: 3.511 m²

Jorge Yunes também é dono de uma mansão de quase R$ 100 milhões. Ele é advogado e dono da IBEP, Instituto Brasileiro de Edições Pedagógicas. A casa foi construída em 1931 e foi habitada pela família Bloch, onde ficou conhecida como a ‘Mansão da Manchete’. Com um terreno de 7.230 metros quadrados e uma área construída de 3.511 metros quadrados, ela foi avaliada em R$ 96 milhões. O IPTU não sai por menos de 553 mil reais. E você, toparia morar na casa que acolheu o ex-presidente Jucelino Kubitchek pouco antes de seu falecimento? Achamos que ela pode ter muitas histórias para te contar.

3. Joseph Safra e sua casinha 

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: R$ 100 milhões

Terreno: 21.862 m²

Área Construída:  10.868 m²

O bilionário dono do banco Safra, Joseph Safra também tem uma mansãozinha por aí. Ela fica no Morumbi, em São Paulo e é avaliada em 100 milhões. A casa não é brincadeira. Ela tem uma piscina subterrânea, mais de 100 cômodos, 9 elevadores e um heliponto. Achamos que você não vai conseguir visitar 100 cômodos em um dia e nem mesmo Joseph Safra. É necessário se comunicar pelo telefone, já que gritar para ir almoçar não adianta.  Com seus mais de 21.862 metros quadrados, são R$ 913 mil de IPTU. E aí, qual seria o seu cômodo favorito? O que você faria com uma casa tão grande assim?

2. A simples propriedade de Edemar Ferreira 

Onde: São Paulo

Valor da propriedade: R$ 160 milhões

Terreno: 8.182 m2

Área Construída: 7.888 m²

A propriedade é do ex-banqueiro Edemar Ferreira e é toda blindada. Ela fica no Morumbi, São Paulo e vale R$ 160 milhões. Foi a leilão em 2017 e se você ainda quiser, corre lá que dá tempo. Enquanto isso vamos te falar o que você vai ter se resolver dar algum lance. 5 andares, teto retrátil, 34 banheiros, adega para mais de 5 mil garrafas de vinho, uma biblioteca só para você, piscinas internas e do lado de fora, vidros transparentes com embaçamento automático, sala de jantar imensa com painel em couro e folhas de ouro, heliponto…

Vamos deixar o resto para você conhecer quando pegar as chaves. Mas já vai se preparando que serão 2 horas de caminhada para conhecer tudo. E prepare o bolso já que a manutenção é de mais de R$ 500 mil por mês, além dos funcionários que terá que contratar. Ou você pensou em limpar tudo sozinho?

1. A quase bilionária Roncador

Onde: Mato Grosso

Valor da propriedade: R$ 600 milhões

Terreno: 144 mil hectares

Área Construída: não informado

As vacas, bois, bezerros e novilhos estão vivendo uma vida de magnata em Querência, Mato Grosso. Sim, elas moram numa das fazendas mais caras do Brasil, a Roncador. A fazenda fatura R$ 30 milhões por ano, tem 697 km de estradas pavimentadas e um aeroporto. O dono da Roncador, Pelerson Penido está vendendo a propriedade por R$ 420 milhões, mas ela foi avaliada em R$ 600 milhões. E aí, quer comprar? Ela pode ser sua por apenas R$ 600 milhões, mas achamos que você terá que construir uma mansão em cima para poder cuidar de tanto gado.

FONTE: BRASILFINANCEIRO

 

 

 

Harley-Davidson apresenta oito novos modelos para 2018

Em uma das maiores renovações de line-up de sua história, a Harley-Davidson apresentou ontem (22 de agosto) em Los Angeles, nos Estados Unidos, oito novos modelos da linha Softail. Com quadros e suspensões novos, as motos 2018 receberam também o motor V2 de 1.745 cm³ com oito válvulas, chamado de Milwuakee-Eight.

chassi das novas motos é completamente novo, com um quadro mais leve e suspensões revistas. Um projeto que, segundo a Harley-Davidson, foi criado para aprimorar a maneabilidade e a agilidade das motocicletas. “Os novos modelos Softail são o resultado do maior programa de pesquisa e desenvolvimento da história da empresa”, garante o gerente de desenvolvimento de novos produtos, Paul James.

Em uma atitude ousada para os padrões da centenária fabricante norte-americana, o novo line-up aposentou a família Dyna, criada nos anos de 1980 e caracterizada pelo sistema de amortecimento bichoque na traseira. Com a adoção do novo chassi, modelos Dyna como a Street Bob, Fat Bob e Low Rider agora integram a família Softail. A nomenclatura, que significa “traseira macia” em tradução literal, é utilizada para designar os modelos que imitam as antigas motos “rabo-duro”, ou seja, sem amortecedor traseiro, mas que, na verdade, contam com um amortecedor fixado horizontalmente, sob o assento.

Todas empurradas pelo motor Milwuakee-Eight, que tem dois eixos contra balanceiros para diminuir as vibrações. O V2 estará disponível em duas capacidades nos novos modelos: com 107 polegadas cúbicas (1.745 cm³) e 114 (1.868 cm³).

Novas tecnologias, como faróis de LED Daymaker, entradas USB e um novo sistema elétrico de maior capacidade, estão presentes nos lançamentos 2018. Conheça as características de cada uma das novas Harley-Davidson.



– Fat Boy
: um dos modelos mais emblemáticos da linha Softail ficou 14 kg mais leve e ganhou rodas fechadas e cromadas com um novo desenho. Nos Estados Unidos, a Fat Boy terá três versões: uma com motor de 107 polegadas cúbicas; outra com o motor de 114 e uma versão comemorativa do aniversário de 115 anos da Harley, que será celebrado em 2018.


– Heritage Classic
: Inspiradas nas Harley dos anos de 1950, o modelo abandonou os cromados clássicos do motor e ganhou uma pintura preta. O grande para-brisa também foi pintado de preto na parte inferior e os pneus não são mais “faixa-branca”. As bolsas laterais em couro também foram redesenhadas. A nova Heritage também terá as duas opções de motorização – 107 e 114.


– Low Rider
: Com o visual das motos customizadas dos anos de 1970, a antiga Dyna Low Rider agora é Softail. Com o novo quadro, a Low Rider ganhou rodas de liga-leve, dois mostradores no painel sobre o tanque e maior ângulo de inclinação nas curvas.


– Softail Slim
: o modelo que não é vendido atualmente no Brasil é praticamente uma Fat Boy com rodas raiadas e visual mais “cru”. O modelo 2018 recebeu um novo guidão e um assento redesenhado.


– Deluxe
: outro modelo de inspiração clássica, a Deluxe manteve as rodas raiadas e os pneus faixa-branca, mas perdeu o assento da garupa – ao menos no modelo apresentado para o mercado norte-americano. Os cromados foram mantidos no motor, nas duas ponteiras de escapamento e no conjunto óptico, formado por um grande farol e dois auxiliares.


– Breakout
: com seu visual caracterizado pelo garfo dianteiro alongado, o modelo ganhou um painel digital sobre a mesa do guidão e um novo pneu traseiro, mais largo, com 240 mm. A estilosa chopper também terá uma versão com o motor de 114 polegadas cúbicas.

– Fat Bob: outra Dyna incorporada à nova família Softail, a Fat Bob 2018 recebeu suspensão invertida na dianteira e ajuste externo na pré-carga da mola traseira, além de ter perdido 10 kg. O farol dianteiro com LEDs na horizontal também é único do modelo. Com uma nova ponteira de escapamento 2 x 1 x 2, é uma das novidades mais radicais do novo line-up.


– Street Bob
: a antiga Dyna manteve o guidão ape-hanger, o popular “seca-suvaco”, curvado para cima, mas ganhou novas suspensões, com um monoamortecedor traseiro e sanfonas nas bengalas dianteiras. As rodas são raiadas, mas as ponteiras de escapamento receberam um acabamento em preto fosco. O painel agora é digital sobre a mesa de fixação do guidão.

BMW cresce mais com linha X no País

SUVs foram 55% das vendas em 2017; este ano chegam novos X3 e X2

linha X de SUVs da BMW já representa um terço das vendas do fabricante alemão no mundo e no mercado brasileiro esse porcentual é ainda maior, atingiu 55% em 2017, ou cerca de 6 mil dos 10,8 mil carros BMW emplacados no País ano passado, sendo quase 40% (4.137 unidades) só do X1 de produção nacional, em Araquari (SC). “Esses números comprovam a importância crescente desse segmento aqui e nós vamos aumentar nossa aposta nele com novas ofertas de todos os (sete) modelos da linha, do X1 ao X7”, afirma Helder Boavida, presidente do Grupo no Brasil. Duas novidades chegam ainda no primeiro semestre, o novo X3 agora em março (com preços já definidos e pré-venda aberta) e o inédito X2 possivelmente até o fim de junho. Boavida também confirmou que o maior deles, o X7 fabricado nos Estados Unidos com lançamento mundial previsto para o fim de 2018, também será oferecido no País.

“Em 2017 os SUVs já superaram os icônicos sedãs no mercado premium global e aqui acontece o mesmo e de forma acelerada. De 2016 para 2017 os utilitários esportivos no segmento premium saltaram de 30% para mais de 50% das vendas”, destaca Nina Dragone, diretora de marketing e produtos da BMW. Assim como Boavida, ela calcula que com a chegada das novas ofertas no segmento as compras de SUVs da marca devem superar 60% das preferências – sendo 36% para o X1 e 25% para o resto da família. “Já vendemos mais de 46 mil unidades da linha X no Brasil (desde o lançamento do X5, o primeiro deles, em 1999), sempre foi importante e está ficando cada vez mais”, diz Nina.

fonte: AUTOMOTIVE BUSINESS