Comportamento

5 milhões. Huayra e Chiron foram pagos em bitcoins

Já ouviu falar na Bitcoin? Nem mais: é uma moeda virtual, que só existe na Internet. Mas, ainda assim, não deixou de ser aceite para pagar dois super esportivos, no valor de 5 milhões de euros.

Numa altura em que muitos defendem a moeda virtual Bitcoin como a solução para o futuro, em termos de transacções económicas, um concessionário da Califórnia decidiu dar o (seu) primeiro passo nesse sentido, ao acordar a venda e o pagamento de dois super esportivos, um Pagani Huayra e um Bugatti Chiron, avaliados em cerca de 5 milhões de euros, precisamente com uma moeda que só existe na Internet – as bitcoins.

A venda terá acontecido no concessionário Pagani Newport Beach, no estado da Califórnia, EUA, e o negócio terá envolvido um Bugatti Chiron novo, além de um Pagani Huayra Americano com pack Tempesta. Basicamente, um par de superdesportivos cujo valor de compra ronda, em conjunto, os 5 milhões de euros – o que à cotação actual representa, em bitcoins, 450 BTC.

O Bugatti Chiron em questão ostenta, conforme as fotos documentam, um místico preto como cor exterior, com interiores em pele, de cor também preta, e cinzenta. Já o Pagani é cinzento metalizado, com listas de cor vermelha e elementos em fibra de carbono – soluções encontradas também no habitáculo.

Se ainda está a pensar como foi possível um concessionário aceitar pagamentos em Bitcoins, saiba que, pelo menos nos EUA, não é a primeira vez que tal acontece. Já em Dezembro, um americano residente em Atlanta, Georgia, tentou vender um supostamente novo McLaren 720S, por 25 BTC, qualquer coisa como 277.720€, à cotação actual. Negócio que, no entanto, nunca se soube se terá sido concretizado e se terá mesmo surgido um comprador, disposto a pagar o valor pedido, pelo carro.

FONTE: Observador

 

 

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *